Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Maradona, Pelé, Beckham, Buffon, Zidane & outros: 1m08s de palmas pelos que estão na linha da frente (para ver, ouvir, homenagear)

A FIFA juntou atuais e antigos jogadores de futebol, como Maradona, Pelé, Zidane, Casillas, Beckham ou Van Basten, para um aplauso aos profissionais de saúde e outros trabalhadores que combatem a pandemia da covid-19

Tribuna Expresso e Lusa

Partilhar

A FIFA juntou atuais e antigos jogadores de futebol, como Maradona, Pelé, Zidane, Casillas, Beckham ou Van Basten, para um aplauso aos profissionais de saúde e outros trabalhadores que combatem a pandemia da covid-19.

Num vídeo divulgado pelo organismo que tutela o futebol mundial, surgem vários antigos e atuais futebolistas, tanto masculinos como femininos, que nas suas residências aplaudem os esforços para travar a pandemia.

O vídeo conta com dezenas de participações, de Ronaldo, Kaká, Marta ou Roberto Carlos, Buffon e Chiellini, Sérgio Ramos e Piqué, entre muitos outros, terminando com imagens de vários profissionais de saúde, algumas delas filmadas em hospitais portugueses.

“Para os profissionais de saúde e outros funcionários que continuam a trabalhar como heróis, o nosso aplauso infinito”, é a mensagem colocada no final do vídeo da FIFA.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 157 mil mortos e infetou mais de 2,2 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 497 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 687 pessoas das 19.685 registadas como infetadas.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.