Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Capitão do Watford recusa regressar aos treinos por medo de contágio: "Já disse que não vou"

Troy Deeney, que já se tinha manifestado contra o regresso da Premier League, não quer correr o risco de contagiar o filho de cinco meses

tribuna expresso e lusa

Lee Smith

Partilhar

O futebolista Troy Deeney, capitão do Watford, da Liga inglesa, anunciou hoje que não irá participar nos treinos que juntarão jogadores em pequenos grupos, por temer ser contagiado com o novo coronavírus e transmiti-lo ao filho de cinco meses.

"Devemos começar os treinos em pequenos grupos esta semana, já disse que não vou", afirmou o avançado, um dos mais críticos sobre o regresso da competição em tempo de pandemia, num podcast.

Troy Deeney, companheiro do português Domingos Quina na equipa inglesa, explicou que não quer colocar em perigo o filho de cinco meses, que tem problemas respiratórios.

Na segunda-feira, os 20 clubes da principal liga inglesa de futebol votaram favoravelmente o regresso aos treinos "em pequenos grupos" e "respeitando as distâncias de segurança".

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas - Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Darron Gibson ia ser o próximo Paul Scholes mas depois a vida deu uma volta. Ou vários tombos

Foi elogiado por Alex Ferguson, ganhou a Premier League pelo Manchester United e marcou ao Bayern. Em dez anos, passou de promessa a dispensado de uma equipa da quarta divisão