Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Diretor de serviço do Hospital de S. João detetou erro nos testes a futebolistas

Foi o diretor do serviço de patologia clínica do Hospital de São João que detetou os erros. O professor universitário informou o presidente do Hospital do caso. O gabinete de comunicação do S. João, apesar de ter confirmado à Tribuna Expresso a informação como verdadeira, diz agora que oficialmente não a conhece

Vera Lúcia Arreigoso

Partilhar

Os erros detetados nos testes feitos a futebolistas de clubes da I Liga foram identificados por mero acaso pelo diretor do serviço de patologia clínica do Hospital de São João, no Porto. Este especialista está a realizar um estudo de identificação de anticorpos à covid-19 entre atletas de várias modalidades e foi no decorrer do mesmo que detetou os erros.

O médico, igualmente professor na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, informou o presidente do Conselho de Administração do Hospital de São João, Fernando Araújo e antigo secretário de Estado da Saúde de Adalberto Campos Fernandes, que tinha feito as análises e detetado os erros.

A Tribuna Expresso falou na quarta-feira com o Hospital de São João, que confirmou conhecer o caso mas que por ter sido feito oficiosamente e não existir qualquer protocolo para testar jogadores da Liga, oficialmente só poderia dizer que não conhecia o caso.

Hoje, no seguimento da notícia da Tribuna Expresso, o conselho de administração do Hospital de São João demarcou-se da existência de resultados errados em testes à covid-19 a futebolistas feitos pela Unilabs, parceira da Liga de clubes neste rastreio. “O Centro Hospitalar Universitário São João não tem qualquer protocolo com clubes portugueses de futebol para colheita de análises de pesquisa de covid-19, e não tem conhecimento de resultados de testes de atletas de clubes”, lê-se no comunicado conjunto do Hospital de S. João e da Unilabs Portugal enviado à agência Lusa.

No mesmo documento, as duas instituições admitem a existência de vários fatores que podem afetar os resultados, como datas da colheita, procedimentos aplicados e metodologias, equipamentos e reagentes usados no laboratório.