Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Marítimo usa imagens de António Costa no espetáculo de Bruno Nogueira para pedir regresso dos adeptos aos estádios de futebol

O clube madeirense aponta o espetáculo de Bruno Nogueira, no Campo Pequeno, em Lisboa, que "juntou mais de duas mil pessoas" como prova que o futebol deve voltar a ter adeptos nos estádios em breve

tribuna expresso

Partilhar

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, já tinha dito que tencionava ter adeptos no estádio dos Barreiros ainda esta época e, agora, é o clube a voltar a passar a mesma mensagem, utilizando o espetáculo de Bruno Nogueira, que decorreu na segunda-feira à noite, em Lisboa, e ao qual António Costa assistiu.

"O Marítimo da Madeira congratula-se e saúda a decisão do Governo em promover o desconfinamento em diversos sectores de actividade, como verificámos ontem, no Campo Pequeno, onde um espetáculo juntou mais de duas mil pessoas", lê-se no comunicado publicado no site oficial do clube, juntamente com imagens do primeiro-ministro no referido espetáculo.

"Esta é, aliás, uma posição com a qual o Marítimo concorda e que transmitiu, de resto, à Direcção-Geral de Saúde, com conhecimento ao Secretário de Estado do Desporto, Dr. João Paulo Rebelo, à Federação Portuguesa de Futebol e à Liga Portugal no dia 26 de maio de 2020", informa também o clube madeirense, publicando mesmo na íntegra a missiva então enviada às autoridades, que pede que 30% da lotação do estádio possa ser ocupada, "com marcação prévia de lugares" e demais precauções.

"Voltámos a insistir, como nova comunicação formal e com contactos com emblemas da I Liga, à medida que fomos conhecendo o plano de desconfinamento, delineado para os vários sectores de actividade, na expectativa que o futebol tivesse o mesmo o mesmo tratamento", lê-se no texto, junto a mais imagens de António Costa no espetáculo de Bruno Nogueira.

"Fazemos, agora, o apelo ao Senhor Primeiro Ministro, António Costa, para o futebol tenha o mesmo sentido que foi dado, e bem com o nosso aplauso, à Cultura, Transportes, Ensino e Comércio. O futebol não é apenas um desporto disputado no relvado, é um fenómeno sem igual em Portugal, e a abertura gradual aos adeptos pode contribuir, de forma importante, para retirar a carga negativa imposta pelo período de confinamento e pode ser um input positivo para o bem-estar mental de todos", conclui.

A recomendação da DGS para os festejos dos golos: "Mantenham o distanciamento. Sejam exuberantes mas longe dos outros"

Graça Freitas pediu aos adeptos para terem algum cuidado na forma como vão ver - e festejar - o regresso da I Liga de futebol, a partir de quarta-feira