Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Lapso no documento da DGS: atletas (e pais) têm de assinar autorização que permite aos clubes fazer "todos os testes e exames laboratoriais"

“Aceito submeter-me a todos os testes e exames laboratoriais determinados pela equipa médica do meu clube, federação ou pelas Autoridades de Saúde” é um dos seis pontos do modelo do Termo de Responsabilidade, que não especifica que os testes são apenas no âmbito da covid-19

tribuna expresso e lusa

Stephane Mahe

Partilhar

Os desportistas e pais de menores que fazem desportos coletivos estão a receber um documento para assinar que permite aos clubes realizarem “todos os testes e exames laboratoriais” que pretendam, sem especificar serem no âmbito da covid-19.

O documento em causa é um Termo de Responsabilidade que faz parte de um conjunto de orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) para o regresso aos treinos e competições dos desportos coletivos federados, com o intuito de reduzir o risco de transmissão do SARS-CoV-2.

“Aceito submeter-me a todos os testes e exames laboratoriais determinados pela equipa médica do meu clube, federação ou pelas Autoridades de Saúde” é um dos seis pontos do modelo do Termo de Responsabilidade que já começou a ser distribuído por atletas.

Lapso no documento

Para os pais e encarregados de educação, este ponto do documento deveria especificar que os testes e exames são no âmbito da covid-19, defendeu em declarações à Lusa o presidente da Confederação Nacional das Associação de Pais (Confap).

“Qualquer declaração que assinamos e os próprios médicos, quando passam uma declaração, dizem para o que é que é. Tudo o que assinamos deve ser claro, senão estamos a permitir que se façam testes mirabolantes”, explicou Jorge Ascenção, presidente da Confap.

O representante dos pais acredita que os clubes não irão aproveitar este lapso no documento e por isso desdramatiza a situação, mas defende que é preciso clarificar o documento. “Deve ter sido um lapso e por isso deve questionar-se a DGS”, sublinhou.

A Lusa contactou as assessoras da Direção-Geral da Saúde (DGS) mas não obteve qualquer resposta até ao momento.

O termo de responsabilidade pode ser assinado pelos próprios atletas ou pelos encarregados de educação, quando estes são menores de idade.

No documento divulgado no final de agosto, a DGS recomenda às federações e clubes a realização de testes laboratoriais para SARS-CoV2, mas depois o texto do termo de responsabilidade não faz essa especificação.

No Termo de Responsabilidade, os atletas comprometem-se ainda a cumprir as medidas de prevenção e controlo da infeção por SARS-CoV-2, bem como o risco de contágio durante a prática desportiva, quer durante os treinos quer em contexto de competições.