Tribuna Expresso

Perfil

Diário

Rui Pinto recebeu ameaças de morte do estrangeiro

Tanto a polícia como o MP entendem que há perigo de vida para o alegado hacker, que foi declarado person of interest no estrangeiro

Hugo Franco e Rui Gustavo

Rui Pinto é acusado de mais de 90 crimes e é um colaborador da Justiça

FERENC ISZA/AFP

Partilhar

O Ministério Público decidiu pedir que Rui Pinto passasse a integrar o programa de proteção de testemunhas depois de ter recebido informações seguras de que há ameaças que põem em perigo a vida do criador da plataforma Football Leaks. Essas ameaças vieram não só de Portugal, mas também do estrangeiro, onde o agora colaborador da Justiça portuguesa é considerado person of interest pelas autoridades de países como a França, a Bélgica ou os Estados Unidos da América.

De acordo com uma fonte judicial, o facto de as autoridades de outros países manifestarem interesse em contar com a colaboração de Rui Pinto e dar origem a mais processos judiciais — como aconteceu em Espanha, com uma série de processos fiscais que envolveram jogadores e treinadores representados pelo agente da FIFA Jorge Mendes — “pode aumentar o risco” para o alegado hacker, que não tem qualquer formação académica nessa área.