Tribuna Expresso

Perfil

Diário

Perfil: João, o otimista que achava que nunca ia furar

Este é o perfil do ciclista português João Almeida, “magrinho, muito dócil” e determinado, que veste a maglia rosa do duríssimo Giro. O Expresso falou com os pais, o primeiro treinador, antigos ciclistas e um dos técnicos da sua equipa para lhe levar a história deste surpreendente atleta

Hugo Tavares da Silva

LUCA BETTINI

Partilhar

Nas ruas e vielas de A-dos-Francos, Caldas da Rainha, já não se estranhava ver aquele miúdo franzino em cima da bicicleta, lado a lado com os primos e amigos. O gosto pelas duas rodas engoliu o tradicional encanto pelo futebol e lá começou em aventuras no Downhill e no BTT. Quando experimentou pedalar na estrada, atraiu a atenção de um homem com o olho treinado. Quase 10 anos depois, o tal miúdo veste a camisola rosa na Volta a Itália, líder da classificação geral. Tem um nome: João Almeida.

O pai, Dário, anda nervoso e ansioso a vê-lo na televisão. Patrícia, a mãe que chora ao lembrar o que mais gosta no filho, leva o coração apertado: “Na queda de quinta-feira fiquei sem fala, nem pensei na camisola, só no corpinho dele.” Célio Apolinário, o descobridor e responsável por levar o jovem para o Clube de Ciclismo José Maria Nicolau, no Cartaxo, vai mordendo as unhas durante as etapas. “Vi-o fazer uma provazita, não foi nada de especial, até ficou para trás, mas gostei muito da maneira dele, como ele lutou mesmo atrasado. Vi que estava ali um ciclista e fui convidá-lo para vir para o pé de mim”, recorda ao Expresso.