Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

E o Ristovski? Impávido e sereno como uma criança numa festa de anos a comer uma sandes mista em Panrico aos triângulos? (por Diogo Faro)

Aqui vai a análise aos jogadores do Sporting por Diogo Faro, o sportinguista que diz também estar a sentir o peso da idade que avança. Tal e qual Montero

Diogo Faro

Gualter Fatia

Partilhar

SALIN

Grande defesa do Salin a cabeceamento do Rúben Dias.
Grande defesa do Salin a cabeceamento do Rúben Dias.
Grande defesa do Salin a cabeceamento do Rúben Dias.

Bem, é continuar por aqui fora com o copy/paste e substituir o nome do rapaz de vermelho que tentava marcar ao Sporting. Creio que seja cedo para um “Rui quem?”, mas este fim-de-semana foi de certeza o melhor guarda-redes de todos os tempos da História do futebol, e provavelmente de outros desportos como chinquilho e Quidditch.

RISTOVSKI

O homem sabe o que quer da vida e pouco se importa com os sentimentos dos que não querem o mesmo que ele. Um cotovelo no sobrolho do Cervi, sangue a jorrar que parecia ali a Fonte Luminosa na Alameda, e o Ristovski impávido e sereno como uma criança numa festa de anos a comer uma sandes mista em Panrico aos triângulos. E isso era muito bonito, mas não houve cotovelo nem cabeça que lhe valesse para chegar à bola do golo do puto Félix.

COATES

Se eu fosse ao Coates, sentia-me como uma senhora da limpeza que é extremamente competente, mas cujo o trabalho não é devidamente reconhecido. E limpa, e limpa, e limpa, e limpa, e assim sucessivamente até que alguém que ela não consegue controlar aparece e suja o chão todo outra vez. Estamos em 2018, respeitem o trabalho dos outros, por favor.

ANDRÉ PINTO

Já vos falei do Salin? O André Pinto lá esteve, nem bem, nem mal, é o que é. Mas o Salin defendeu tanto que este parágrafo é também dele, assim como a culpa de não termos perdido.

JEFFERSON

Estive a ver jogo sentado, um pouco tenso, bem certo, mas sem grande vontade de me mexer. Claro que não queria que o Benfica marcasse, mas também não estava disposto a fazer assim tanto por isso. Exactamente como o Jefferson.

ACUÑA

Eu tenho que deixar aqui um grande abraço ao Acuña. Um homem nasce, um homem cresce, um homem trabalha, corre e joga uma vida inteira. E depois, num jogo em que até não lhe estava a correr mal, leva aquele nó à Zidane… do André Almeida. Ninguém merece. Hoje à noite é mandar dois Xanax e um whisky para adormecer e nem sequer ter sonhos.

BATTAGLIA

Sinto que o homem a jogar à bola está só a fazer um part-time quando tem folgas da polícia de intervenção. Se não tivesse sido convocado, estaria do lado de fora a bater em gandins no fim do jogo, mas ainda bem que foi. Esteve o jogo todo em estado de alarme, a acudir e a bater. Espero que cheguemos ao final da época e o condecoremos.

RAPHINHA

O miúdo é muito rápido, de facto, mas não chega. Se for só assim, é como ser o Speedy Gonzalez e estar sempre a ser apanhado. Adianta pouco.

BRUNO FERNANDES

Teve ali um pontapé de bicicleta no meio do nada que fez tanto sentido como um vegetariano comer um bitoque. Mas, ao mesmo tempo, aquilo é o Bruno Fernandes. As coisas podem estar a sair bem ou mal, mas ele vai sempre tentar. No fundo, é o jogador que qualquer namorado devia ser. Nunca desistir, mesmo quando faz m...

NANI

Não vos minto. Acho que o Nani não esteve bem naquela atitude. Sim, teve muita calma, muita frieza, muita experiência a marcar o penálti. Mas não esperava menos dele. Agora, num clube como o Sporting exige-se educação. E não lhe ficou bem, nem a nenhum jogador do Sporting, aliás, não ter ido agradecer ao Rúben Dias aquela entrada dentro da área completamente descabida e que nos deu depois o golo.

MONTERO

O Avioncito já não tem a leveza que lhe deu a alcunha, sejamos honestos. A idade toca a todos, bem sei. Eu próprio estou aqui a poucos dias dos 32 e já me custa mais esticar o braço para levar cada mini à boca do que custava há, sei lá, duas semanas. Eu bem sei que ele correu muito e lutou muito, mas dava mesmo jeito é que as metesse lá para dentro.

PETROVIC

“Vai entrar o andaime” – disse um amigo meu, quando o homem estava ali na linha ao lado do quarto árbitro. Já uns minutos antes, houve um plano do Petrovic a aquecer com o Barbas lá atrás, e foi como ver ao mesmo tempo duas coisas de cores diferentes mas igualmente assustadoras.

BRUNO GASPAR

O Peseiro se pudesse tinha jogado logo com o o Bruno de início, e com todos os defesas do Sporting entre os 13 e o 54 anos. O Peseiro se pudesse tinha jogado logo com o o Bruno de início, e com todos os defesas do Sporting entre os 13 e o 54 anos.