Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

Diogo Faro acredita que Bruno Fernandes foi a Cristina Ferreira do Sporting. Só faltou um telefonema do presidente Varandas a desejar sorte

O nosso cronista está em Moçambique no meio da selva e de praias inóspitas, mas ainda assim menos perdido do que Gudelj esteve esta noite em Tondela, onde o Sporting perdeu por 2-1

Diogo Faro

PAULO NOVAIS/Lusa

Partilhar

RENAN RIBEIRO

Foi por pouco que não defendeu o primeiro golo com a cara. Não sei se por medo de se magoar, ou de estragar o penteado mais certinho que um menino de catequese, mas ficava-lhe bem ter oferecido o semblante à bola e escusávamos de entrar no jogo logo a perder.

BRUNO GASPAR

O maior destaque do seu jogo de hoje foi o nó que levou no lance do primeiro golo do Tondela. Foi ludibriado (uma palavra mais ou menos cara para a situação não parecer tão má) de tal maneira que fazia a Lena das Cartas parecer uma pessoa séria.

COATES

Centralão respeitado foi centralinho afogueado no mar tondelense de Xavier, Tomané e Delgado. Devia ter levado braçadeiras.

MATHIEU

Já sabemos que os franceses acham que são os donos do mundo e podem fazer tudo (tenho um amigo francês que acha mesmo que foram eles que inventaram o pão e que o melhor pão do mundo é a baguete - ridículo), mas tirar o golo ao Montero já foi demais.

ACUÑA

Foi tão lento a reagir à desmarcação do Delgado como a TVI à polémica de ter convidado o Mário Machado para o Você na TV. E quando o fez já o mal estava feito.

GUDELJ

Eu, que actualmente estou em Moçambique, dou por mim no meio da selva ou de praias inóspitas menos perdido do que o Gudelj esteve hoje em Tondela.

WENDEL

Infelizmente para nós, hoje teve uma exibição ainda mais pobre do que fazer piadas com o nome Cláudio Ramos, por ser tanto o apresentador como o guarda-redes do Tondela.

BRUNO FERNANDES

Foi a nossa Cristina Ferreira. Lutadora, influente, determinada, corajosa (menos bonita que a original). Mas talvez lhe tenha faltado um telefonema do presidente Varandas para lhe dar a sorte que não tivemos porque a inspiração também não foi muita. Sempre seria menos embaraçoso do que o actual Presidente da República ligar de facto em directo para o programa da Cristina.

NANI

Levou um puxão, deu um pontapé, levou uma cabeçada. Até no kickboxing hoje perdeu.

DIABY

Tentou cavar um penalty e levou amarelo por isso. Falhou um golo escandaloso e não levou amarelo por isso, mas devia.

RAPHINHA

Já dizia o ditado "muito sprint e pouca parra". Não sei se o ditado era mesmo assim, mas foi o que senti.

MONTERO

Entrou e marcou um golo. Quase marcou, era dele. O Mathieu é que foi ganancioso. Mas de qualquer das formas é inútil porque perdemos. Aliás, se era para me ter enchido de esperança para depois não dar em nada, preferia que não tivesse marcado que tinha doído menos.

PETROVIC

Entrou e foi espectacular a não alterar absolutamente nada com a sua entrada.