Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

Diogo Faro acordou, vestiu-se e ficou em casa sem fazer nada. Diaby acordou, equipou-se e esteve em campo sem fazer nada. Percebem?

O Sporting venceu o Moreirense, por 2-1, na 18ª jornada da Liga, mas Diogo Faro não saiu muito satisfeito de Alvalade, onde foi um simples espectador, como Renan: "Pena que teve azar e esteve a assistir a um jogo de futebol de qualidade tão baixinha que devia dar para pedir ao mundo os minutos que se perdeu a vê-lo"

Diogo Faro

Carlos Rodrigues

Partilhar

RENAN RIBEIRO

Principalmente na segunda parte, não foi mais do que um mero espectador do jogo. Pena que teve azar e esteve a assistir a um jogo de futebol de qualidade tão baixinha que devia dar para pedir ao mundo os minutos que se perdeu a vê-lo.

ACUÑA

Mais uma assistência, mais um monte de cortes, mais umas dezenas de sprints, cruzamentos e passes. Fico à espera que algum empresário se lembre de fazer uma nova bebida energética com extractos de Acuña, que a energia deste homem não é normal.

RISTOVSKI

Excelente assistência para o Bruno Fernandes, naquele remate que foi claramente de propósito para bater no guarda-redes e ir parar aos pés do colega. O altruísmo e espírito de equipa são coisas muito bonitas.

COATES

No lance do golo do Moreirense ficou tão estático que se passassem turistas por aquele naquele momento ter-lhe-iam atirado moedas para os pés.

MATHIEU

E aquele lance em que deixou o avançado do Moreirense passar por ele de propósito para lhe dar um pouco de esperança ao fugir para a linha, para logo a seguir ir atrás dele e, de carrinho, lhe tirar a bola mesmo quando ele ia cruzar, como um bully que tira o brinquedo a um miúdo mais pequeno. Levantou-se e seguiu jogo para o Sporting. Foi maldoso, mas lindíssimo.

GUDELJ

Hoje esteve inspiradíssimo na arte de escangalhar pernas alheias, de distribuir vergastadas, de quebrar caniços, de varrer articulações, de dar porrada, pronto.

WENDEL

Fez exactamente o oposto de Gudelj. Ou seja, esteve 90 minutos a ser alvo de escangalhamento de pernas, a ser recetor de vergastadas, de tentativas de quebramento dos seus caniços e tudo o resto que já referi. Pobre Wendel, nosso mártir.

BRUNO FERNANDES

Não estou habituado a que marque golos normais. Bem sei que o importante é marcar, mas espero que um golo tão banal não se volte a repetir. Tens uma reputação a manter, Bruno, vê lá bem o que fazes à vida.

NANI

Indelicado da parte dele não ter agradecido ao guarda-redes do Moreirense a (grande) ajuda no golo. Faz-lhe falta ler um livrinho ou outro da Paula Bobone sobre etiqueta no futebol.

BAS DOST

Foi apanhado fora-de-jogo aproximadamente 86 vezes. Estivesse a ver o jogo aquele senhor da Liga dos Últimos que via os jogos sempre atrás de um poste para conseguir bem os foras-de-jogo (lembram-se?) e tinha morrido de exaustão.

DIABY

Hoje acordei, vesti-me e depois continuei o dia todo em casa sem fazer nada. Vesti-me em vão. Hoje o Diaby acordou, equipou-se e depois esteve em campo o jogo todo sem fazer nada. Em vão também se equipou.

RAPHINHA

Rapidíssimo a ganhar aquele lance do Moreirense, a passar pelo guarda-redes e a marcar um belo golo que a equipa de arbitragem não teve vontade de validar.

PETROVIC

Aqueles dois minutos muito intensos à Petrovic a que nos vem habituando.