Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

"É bonito de se ver como se olham nos olhos apaixonadamente." Bas Dost e Bruno Fernandes deixam Diogo Faro enternecido

Matança do porco, slaloms elegantes, música de Wendel Jobim e bichos de seda em caixas de sapatos. Tudo o que precisa de saber sobre o Sporting 3 - 0 SC Braga nas palavras de Diogo Faro

Getty

Partilhar

Renan Ribeiro

Depois de, aproximadamente, 754 jogos consecutivos a sofrer golos, conseguiu ir para casa sem nenhuma bola no saco. Um pequeno passo para o Renan, um grande passo para o Sporting, já dizia o Paulinho.

Borja

Ver um lateral esquerdo (de origem, não adaptado) a jogar bem no Sporting nos últimos anos é quase tão raro como ler uma crónica do arquitecto José António Saraiva que não pareça ter sido escrita por um clérico do século XVI e que, mesmo para os padrões da época, era considerado conservador. Mas aconteceu, vamos desfrutar o momento antes que a maldição Evaldo regresse.

Ilori

Superou as expectativas que eu tinha para o jogo dele esta noite. Mas, sendo-vos franco, eram expectativas daquelas tão baixinhas que vêm logo com sabor a desilusão e cheiro a dor na alma. Vá lá, superou-as e fê-lo com alguma distinção.

Coates

Esteve tão tranquilo a arrumar o Dyego Souza como se ele fosse um bicho da seda numa caixa de sapatos, que a única vez em que teve que gastar energia a sério, foi quando berrou com o fiscal-de-linha por este ter deixado a jogada continuar porque teve dúvidas no lance em que o jogador do Braga estava mais ou menos a distância de Lisboa a Montevideo em fora-de-jogo.

Ristovski

Afinal também ainda se lembra como é que se joga à bola. Não deu grandes hipóteses aos jogadores do Braga que lhe apareciam à frente, e quando um deles se esticou para fora de pé levou logo um carrinho vindo da Europa de Leste para se acalmar.

Gudelj

Se o futebol fosse um desporto com um pouco mais de semelhanças com coisas como as cobranças difíceis ou a matança do porco, sem dúvida que o Gudelj seria dos profissionais mais competentes em toda a estrutura do clube. Ali para jogar a trinco é que eu adorava que o seu jogo fosse um pouco mais qualquer coisa do que rebentar canelas alheias.

Wendel

E a Bossa Nova do nosso Wendel Jobim voltou a soar em Alvalade. Voltou aquela meiga melodia que lhe sai dos pés e que espalha as harmonias mais doces por todo o campo a fazer os colegas cantarem com ele. Penso é que era perfeitamente dispensável que a táctica do Abel para este jogo tenha sido "quero que cada um de vocês os 11 - não tem de ser ao mesmo tempo, mas têm mesmo de ser todos - agridam o Wendel como puderem, mas tentem disfarçar o melhor possível para parecerem lances normais de futebol.

Bruno Fernandes

O Bruno Fernandes consegue fazer tanta coisa, tudo com tanta qualidade, que dá ideia que pode jogar em qualquer posição, incluindo guarda-redes, fazer parte da equipa médica, dar uma perninha no departamento de marketing do clube, ser Presidente do Sporting e da República e ainda fazer o trabalho do Paulinho.

Pena não fazer isto tudo. Enfim, contentemo-nos com o facto de ser o nosso capitão e de ser um dos melhores jogadores portugueses da atualidade.

Diaby

Andou o jogo todo a fazer slaloms entre os jogadores do Braga como se ele estivesse a fazer ski e eles fossem pinos. Foi os deixando tão baralhados que às tantas arrancou naquele 110 metros barreiras e foram precisos dois para o mandar o chão e ganhar o penalty.

Bas Dost

A felicidade do homem a voltar aos golos emociona-me quase tanto como a beleza da relação que tem com o Bruno Fernandes. É bonito de se ver como se entendem, como se conhecem, como comunicam, como passeiam de mão dada ou como se olham nos olhos apaixonadamente. Que não largues os golos por dois jogos seguidos nunca mais!

Luiz Phellype

Saiu vitorioso do combate de pugilismo que teve com o Raul Luís. Luiz Ali.

Raphinha

Teve muito poucos minutos em campo. Foi mais para sujar o equipamento e dar trabalho ao Paulinho.

Doumbia

Excelente lance aquele em que fez absolutamente nada porque também não teve tempo para isso.