Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

Faltam dois golos para lhe fazerem uma estátua, duas rotundas e lhe dedicarem um feriado nacional - Bruno Fernandes, por Diogo Faro

Com um bocadinho de jet lag e com um atraso justificado, eis a contracrónica de Diogo Faro sobre os jogadores do Sporting que bateram o Rio Ave no domingo

Diogo Faro

Gualter Fatia

Partilhar

Renan Ribeiro

Aí vão dois jogos seguidos sem sofrer golos. Mas o Renan é um guarda-redes preocupado com a equipa e com os adeptos. Por isso, para nos lembramos que a qualquer momento vamos buscá-la lá dentro, e para que não nos iludamos muito em relação a isso, deixou passar aquela bola de propósito debaixo do braço para a ir buscar em cima da linha, e nos lembrar que a vida, tal como não sofrer golos, é efémera.

Mathieu

Estava a ser fácil limpar tudo o que lhe aparecia à frente. Por isso, começou a jogar um jogo com ele mesmo que consistia em, além de cortar a bola, evitar sempre que fosse canto. Depois passou para o nível seguinte que era sair a jogar até lá à frente, e se não tivesse sido substituído ainda tinha feito um hat-trick na sequência de três cortes que tivesse feito.

Coates

Olhem esta anedota: entram quatro centrais num jogo de futebol. Um uruguaio, um brasileiro, um português e um francês. Qual é que já esteve preso? O português, como todos sabemos. Mas ainda assim, foi o uruguaio que ontem mais roubou o pão da boca aos avançados do Rio Ave.

Borja

Atitude admirável a aguentar o resto da primeira parte lesionado, em claras dificuldades, só para o Jefferson não entrar. Ao intervalo é que percebeu que ele não tinha sido convocado e assentiu ser substituído.

Ristovski

Estava mais bruto do que é normal, embora seja sempre um jogador com muita garra. Fiquei com a ideia que teria sido expulso cinco vezes se a próxima jornada fosse contra o Benfica.

Gudelj

Noite sem sobressaltos. Não teve grande trabalho, nem fez asneiras. Suspeito que isto aconteceu porque pediu a uns amigos sérvios para sequestrarem a família do Galeno durante o jogo, sendo que o pagamento do resgate era pago em "Não me mexeu muito hoje, prometo" pelo melhor jogador deles.

Acuña

Para além de ter feito um óptimo jogo, ainda conseguiu não gritar com ninguém, não cuspir ódio para cima de nenhum árbitro, nem atropelar intencionalmente uma velha que estava a demorar muito a atravessar a estrada. Deve ter lido a minha crónica anterior e ter ficado assustado com a ideia de ter de estar comigo todos os dias. É compreensível.

Wendel

Se só tivesse feito aquele passe poético para o primeiro golo, eu já lhe tinha algo a perguntar. Mas depois fez aquele golo lindíssimo e quis fazer-lhe a mesma pergunta só que com mais força: PORQUE É QUE NÃO JOGAS SEMPRE ASSIM?

Bruno Fernandes

Eu só tenho de agradecer ao Bruno por todos os jogos fazer de mim um melhor cronista, tal é a forma que tenho constantemente de reescrever o quão incrível é enquanto jogador de futebol. Mas hoje vou só deixar um facto: 27 golos numa época enquanto médio, igualando o mítico Frank Lampard numa segunda posição deste ranking que reúne os campeonatos principais da Europa nos últimos 50 anos. Falta um golo para igualar o primeiro. Faltam dois para lhe fazerem uma estátua, duas rotundas e lhe dedicarem um feriado nacional.

Diaby

Cheguei à Índia há dois dias, estou com jet lag que nem sei bem onde é que estou, e parece que estou sempre sem sono mas ao mesmo tempo nunca quero dormir. Podia ser a descrição do jogo do Diaby.

Luiz Phellype

De cada vez que escrevo a crónica e ele é titular, tenho de ir verificar se estou a escrever bem o seu apelido. Mas se agora é para marcar em todas as jornadas, até pode mudar de nome todas as semanas para mais difícil que eu não me importo.

Jovane

Parece que tem uma espécie de flash no cabelo que, embora esteticamente questionável, tem realmente a ver com o estilo de jogo dele, tal como se viu ontem. É darem-lhe mais minutos.

Bruno Gaspar

Sem erros defensivos, sempre concentrado. Tão concentrado que quando teve a oportunidade de rematar, ainda estava tão em modo "cortar para longe" que a bola pediu licença sem vencimento quando viu que estava a sair do estádio.

André Pinto

Estavam à espera que eu dissesse mal dele, não era? Nada disso. Irrepreensível. Mas também já estava 3-0. Mal seria.