Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

Ilori, a grande esperança para todos os que têm a habilidade de um frigorífico. Se acreditarem o suficiente, chegam lá (por Diogo Faro)

Aqui está a análise de Diogo Faro sobre a equipa leonina que derrotou o Rosenborg, na Noruega, em jogo a contar para a Liga Europa. Sorriam

Diogo Faro

Gualter Fatia

Partilhar

RENAN RIBEIRO

Mais uma viagem bem-sucedida do explorador Renan. Foi à Noruega e voltou mais imaculado que um pedaço de neve. Se bem que hoje em dia, com tanta poluição global, já nem sequer existe neve imaculada porque está tudo imundo, cheio de petróleo, cheio de dióxido de carbono, cheio de desamor e desapego, cheio de desesperança, cheio de desumanidade.

Perdoem-me. Deixei-me levar.

ILORI

A grande vitória da noite. Não só para o Sporting, mas para o mundo do futebol no geral. O Ilori foi titular e não sofremos nenhum golo. Isto dá esperança a qualquer miúdo, em qualquer parte do mundo, que esteja agora nas escolinhas e que, mesmo que tenha a habilidade de um frigorífico para jogar a central, possa manter o sonho aceso.

NETO

Depois deste cruzamento perfeito, lindo, poético como um aurora boreal, por mim é pô-lo a jogar a extremo para sempre.

COATES

“Nunca duvidei da minha qualidade”, disse ele depois do jogo, e no qual fez um belo golo. Agora, isto é mentira. Ou então é psicopata. Ninguém normal depois de marcar 7 auto-golos e fazer 13 penalties consegue não duvidar da sua própria qualidade. Acho óptimo que esteja com o moral recuperado, mas vamos ter calma na quantidade de vídeos de auto-ajuda que se vê no YouTube.

BORJA

Mais do que jogar, foi comer salmão fumado com funcho e alcaparras, que ele pensava que o salmão só servia para fazer ceviche lá na Colômbia. E agora que acabei esta frase percebi que não falei nada sobre o jogo dele, mas só sobre o facto de eu ter conhecimentos mínimos sobre gastronomia global.

ROSIER

Voltou à titularidade num jogo cuja vitória deixou o Sporting isolado no primeiro lugar no grupo da Liga Europa. Portanto, a noite mais feliz do Rosier nos últimos meses, mesmo tendo em conta que há dias comprou bilhetes para ir ver o David Carreira no Altice Arena, de quem é fã por ser meio francês. Concluímos que a vida do Rosier é bastante triste.

DOUMBIA

Qual Makelele, qual Pogba, qual outro qualquer centro-campista de semelhante tarimba, Doumbia interceptou com garra a bola, dominou-a com habilidade, deslocou-a em segurança pelo campo, até a soltar num passe de classe que viria a ser a assistência para o segundo golo.

EDUARDO

Andou um bocado atrapalhado no meio campo norueguês. Não que tivesse dificuldades técnicas, mas assustava-se um bocado quando os outros gritavam os nomes uns dos outros: Reginiussen! Trondsen! Hdenstad! Compreensível.

BRUNO FERNANDES

Aquele balanço de corpo antes de rematar foi tão forte que, dizem os entendidos em geografia e deslocamentos de países, que a Noruega até se separou um pouco do resto da península escandinava e corre o risco de agora ficar à deriva e ir chocar com a Gronelândia. Bruno Fernandes a causar estragos mundiais com o seu talento para o futebol.

VIETTO

Esteve mais calmo esta noite. É um miúdo tropical que se dá mal com o frio do Norte e acabou por passar a maior parte do jogo a desejar um chá quente e uma lareira.

BOLASIE

Não tem jogado mal, é certo. Mas se calhar já voltava a marcar golos, ou não? Se calhar sou eu que estou a ser demasiado picuinhas para com alguém que joga a avançado. Mas pronto, tem o resto dos jogos do campeonato para ir treinando, para quando voltar a ser a sério na Liga Europa poder marcar.

RODRIGO FERNANDES

1 minuto e 30 segundos inesquecíveis.

PEDRO MENDES

30 segundos inesquecíveis.

JESÉ

Pena não poder ter sido titular, por estar cansado do concerto que deu no balneário depois do último jogo.