Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

Diogo Faro pede cláusula de €500 milhões para Nuno Mendes. Como sabemos que isto é o Sporting, é possível que seja vendido amanhã por €1500

O Sporting venceu o Portimonense, por 2-0, na 3ª jornada da Liga portuguesa, e Diogo Faro ficou encantado com Nuno Mendes - só tem medo que o vendam a troco de uns vales de desconto numa determinada superfície comercial

Diogo Faro

Gualter Fatia

Partilhar

ADÁN

E ao quarto jogo pelo Sporting, estamos em plenas condições para afirmar categoricamente que o Adan tem dois blocos de betão armado no lugar dos pés. Assim sendo, compreende-se que cada vez que quer passar ou aliviar a bola, nunca é garantido que não faça autogolo. Quanto às mãos, sim senhor, dá-me ideia que as sabe usar em condições.

LUÍS NETO

Não só não facilitou nenhum golo ao Portimonense, como conseguiu não partir nenhum tornozelo ou uma rótula a ninguém, mesmo que tenha estado perto disso 17 vezes. Neto a progredir.

FEDDAL

Atenção, eu até consigo apreciar aquele truque de falhar a bola de propósito à entrada da área, para depois fazer um corte espectacular e tornar o jogo mais emotivo. Mas ele tem de perceber que está no Sporting, o clube que é a encarnação futebolística da Lei de Murphy. Por isso, se der para evitar estas brincadeiras, todos nós agradecemos.

COATES

É capaz que tenha mesmo feito falta quando saltou para cabecear. Mas eu não sei se não devia ser falta para cartão vermelho é quando os comentadores usam o verbo “endossar” para parecerem intelectuais, quando o que se pretende dizer é só “passar”. Fica a ideia para a Liga pensar nisto.

PEDRO PORRO

Depois de o falhar miseravelmente aquele corte no jogo com o LASK, é óbvio que fiquei completamente de pé atrás com ele (como ele ficou nesse tal lance, na verdade). Mas já sou apreciador dele novamente. Pode ser que os meus padrões também não estejam altos, mas sou fácil de reconquistar.

MATHEUS NUNES

Jogou muito bem, controlou o meio-campo, sim senhor. Mas ele que me perdoe porque a minha parte preferida do seu jogo foi quando levou com a bola na cara. Não pelo lance em si, não lhe desejo mal, mas porque o comentador reagiu com um “vai lá, vai” e fez-me sentir por instantes que eu estava a ver o jogo numa tasca, em tempos pré-covid. Soube-me bem.

NUNO MENDES

Cláusula de 500 milhões. Isto era o que eu faria se fosse o Varandas. Como sabemos que isto é o Sporting, é possível que seja vendido amanhã por 1500€, umas senhas de refeição e uns vales de desconto da Worten. Quanto ao golo do Nuno, por um lado é de tal beleza que dá vontade de o ver todos os dias até ao final da época, por outro também é chato porque é capaz de ter destruído a auto-estima daqueles defesas para sempre.

PEDRO GONÇALVES

Como estava a fazer um jogo bastante certinho, aproveitou que tinha créditos para fazer asneira e entregou a bola ao Portimonense no fim do jogo, para que o Adan brilhasse ao fazer a defesa da noite. Isto é atitude de bom colega.

NUNO SANTOS

Viste, Sporar?

VIETTO

Bem sei que estou sempre a massacrar o homem porque não consegue marcar golos, mas se fizer um cruzamento destes por jogo, está mais do que perdoado.

TIAGO TOMÁS

No outro jogo escrevi que se devia acalmar um bocadinho porque, sendo bom jogador, estava a ficar demasiado entusiasmado. Parece-me exagerado não ter jogado de todo. Era só para baixar um bocadinho a garimpa, não era para desaparecer. Calma, Tiago.

DANIEL BRAGANÇA

Pelo cabelo podíamos ser levados a pensar que passou a infância a andar de cavalo e a fazer vela, mas pelo pé esquerdo nota-se que nasceu com a bola nos pés. Desconfio que nos vai muito jeito esta época.

TABATA

Estava isolado com o guarda-redes, ex-colega, e preferiu passar-lhe a bola para não ter que passar por aquela situação chata de marcar e ter de pedir desculpa. Percebe-se.

PLATA

Daqueles jogos em que entra uns minutos para fazer uns sprints e chatear os adversários. Cumpriu.

Da tempestade europeia à bonança nacional

O Sporting entrou a mil em Portimão e rapidamente construiu uma vantagem de dois - grandes - golos que serviram para arrecadar os três pontos e manter o percurso 100% vitorioso na Liga portuguesa (2-0)