Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

Diogo Faro viu Coates passear-se nas calmas no relvado como quem joga golfe enquanto ignora que acabou de perder as eleições presidenciais

O humorista viu a vitória do Sporting por 4-0 em Guimarães e acha que depois de mais dois golos já está na hora de começar a tratar Pedro Gonçalves por Bas Pote

Diogo Faro

HUGO DELGADO/LUSA

Partilhar

ADAN

Está mesmo a valer tudo em 2020. O Sporting ganha 4-0 em Guimarães, a jogar bem, tranquilo, eficaz, sem erros ridículos e com a assistência do Adan para um dos golos. Já não sei mesmo o que dizer sobre este ano.

COATES

Quase não teve trabalho. Andou tranquilamente a passear pelo relvado quase como quem joga golfe enquanto tenta ignorar que acabou de perder a eleição presidencial.

FEDDAL

A única vez que o vi aflito foi quando teve de aliviar uma bola todo no torto, no meio da área. De resto, pôs o André André no bolso enquanto se ria com o nome dele e pensava que seria ridículo se ele próprio se chamasse Feddal Feddal.

LUÍS NETO

Se é um poço de qualidade? Não. Quando muito, uma poça. Mas a verdade é que está mais confiante de jogo para jogo, a poça está a aumentar para um pequeno lago. Vai-se a ver e, nesta metáfora ridícula, acaba o campeonato a ser um oceano. Duvido, claro, mas estou cá para o apoiar.

PEDRO PORRO

O Quaresma achava que ia fazer gato-sapato dele. Bem que tentou. E fez para aí uma vez. De resto, Porro, que mal era nascido com o Quaresma foi campeão pelo Sporting, deu conta do recado.

PALHINHA

Ter andado tanto tempo a jogar com o Doumbia quando podíamos ter jogado com o Palhinha, é como comer cavala enlatada quando podíamos comer marisco, é como ler José Rodrigues dos Santos quando podíamos ler Saramago, é como ver o programa da Cristina Ferreira quando podíamos ver um filme do Tarantino. É como… bem, já perceberam.

JOÃO MÁRIO

Mais um jogo em que a qualidade do toque de bola do João Mário é quase tão boa como a de todos os outros jogadores em campo.

NUNO MENDES

Aliás, só não é mesmo igual ou superior a essa soma, muito por causa do Nuno Mendes. Eu não sei se vocês já deram conta, mas caso não o tenham feito, eu ajudo. O Nuno é uma criança de 18 anos e já é o melhor defesa esquerdo dos últimos 20 anos do Sporting. Talvez de sempre, mas pronto, vou esperar mais uns meses até vincar o “de sempre”.

PEDRO GONÇALVES

Mais dois golos. Por mim já o podemos começar a tratar do Bas Pote.

SPORAR

É bom a rematar e a movimentar-se como um avançado muito decente. Mas aquilo de que tenho mesmo gostado é o facto de ser inteligente e não ser um egoísta que só quer os golos para ele. Tenho a certeza que é bom amigo. Daqueles que não nos vai julgar muito quando confessamos que mandámos mensagem à ex quando estávamos bêbados. Vai só julgar um bocadinho.

NUNO SANTOS

Acho que ainda não houve nenhum jogo em que não tenha marcado ou assistido. Honestamente, não estava habituado a jogadores destes e ao Sporting jogar bem à bola. Está a ser tudo muito estranho para mim.

TIAGO TOMÁS

Foi aquele toque a mais na bola, um bocado à Djaló, que não o deixou marcar quando ficou isolado com o guarda-redes. Ainda assim, Tiago Tomás em bom plano novamente. Dá gosto.

JOVANE

Não sei se não é chato ter feito aquilo. Entra no jogo todo armado em fresco, tem 3 defesas do Vitória à volta, todos aflitos para lhe tirar a bola, e se consegue arranjar um bocadinho de espaço para meter a bola em arco no canto superior esquerdo da baliza, fazendo o 4-0. Talvez um pouco maldoso da parte dele.