Tribuna Expresso

Perfil

Diogo Faro

Já se percebeu que Sporar não está nesta época para marcar. Mas quem faz o refogado também ganha a estrela Michelin

Na sua análise humorística do jogo possível do Sporting no lamaçal da Choupana, Diogo Faro também concluiu que nada parou Feddal, como se o marroquino "fosse um trumpista a invadir o Capitólio. Se bem que não é branco, por isso não teria sido tão fácil"

Diogo Faro

HOMEM GOUVEIA/LUSA

Partilhar

ADaN

Aproveito este parágrafo para deixar um abraço ao colega de posto de Adan do Nacional. Acabou coberto de lama, mas foi claramente dos melhores em campo. Quando se levanta da poça e usa a luta para tirara a luta da cama, quase parecia que estava a ver O Resgate do Soldado Ryan.

COATES

Como um chefe de escuteiros, liderou com confiança os seus lobitos nesta excursão difícil àquela serra do demónio, fustigada com a intempérie. Acampou na lama e soube sempre o lugar das estacas.

FEDDAL

A eito. Foi assim que levou tudo à frente. Lama, chuva, pernas. Nada o parou. Foi como se fosse um trumpista a invadir o Capitólio. Se bem que não é branco, por isso não teria sido tão fácil.

NETO

Dificilmente me vão ver aqui, ou noutro sítio qualquer, como uma tasca ou o estádio quando der, a elogiar-lhe as qualidades técnico-tácticas, mas também mal me ficaria se não lhe reconhecesse a garra. E nenhuma equipa sente o sabor da vitória só com Potes de porcelana, sem usar também tachos de ferro. (Sim, grande analogia com equipamento de culinária).

PORRO

É a prova viva que o ditado “de Espanha, nem bom vento, nem bom casamento” é descabido. Joga bem até no meio de um tufão, e não fosse eu não acreditar no casamento e até ponderava.

NUNO MENDES

É dos melhores jogadores de sempre do Sporting. “Ai, Diogo, que exagerado, ainda quase não vista nada”. É pá, ‘tá bem. Mas podem apostar. O Nuno Mendes está noutro nível.

JOÃO PALHINHA

É o nosso hovercraft. É para jogar num relvado? Tudo bem. Num pântano? Tudo bem. Num oceano? Tudo bem? Naquele sítio onde foi o jogo hoje e que nem sei bem como qualificar? Tudo bem e ainda foi rei soberano daquele meio-campo de algures.

JOÃO MÁRIO

É como pôr um bailarino do Bolshoi a dançar o Quebra-Nozes num palco feito de entulho.

NUNO SANTOS

Já viram o Fantasia 2000, filme da Disney sobre música clássica? Há lá uma cena em que um gracioso hipopótamo vai dançando e saltando de nenúfar em nenúfar. É esta a imagem que tenho da classe nele naquele lamaçal.

SPORAR

Já se percebeu que não está nesta época para marcar, mas não é por aí que é menos importante. Quem faz o refogado também ganha a estrela Michelin.

PEDRO GONÇALVES

Quem tem pés para, neste relvado, arrumar três defesas ao mesmo tempo só com um toque, tem pés para tudo. Bom, não teve para nesse lance para marcar, mas com tudo o resto que fez durante o jogo, quem é que lhe pode apontar seja o que for?

JOVANE E TIAGO TOMÁS

O futuro do mundo são as crianças. Tendo em conta que o mundo não deve durar muito mais, ainda bem que agora temos estas crianças.