Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Diogo Faro

“Este menino joga muito, carago”, disse Vítor Pereira na TV. E Diogo Faro nem mexe para não estragar

Aqui está a análise humorística de Diogo Faro ao jogo Sporting 1-0 SC Braga

Diogo Faro

NurPhoto

Partilhar

ADAN
Aos 95 minutos e meio, teve de fazer a defesa da noite, enquanto os meus testículos me subiam à garganta com a ansiedade. Desceram uns segundos depois com o apito para a vitória.

COATES
Também conhecido como o Muro de Montevideo. Infelizmente não tenho nenhuma referência histórica que me permita justificar a analogia com o de Berlim, mas a verdade é que a jogar assim nem o Gorbatchov o mandava abaixo.

GONÇALO INÁCIO
Lá de trás, quando era menos expectável do que o Tino ser eleito Presidente da República, um passe a rasgar que foi a assistência para o golo da vitória.

FEDDAL
Dadas as condições do jogo, esteve bastante bem. Mas com o Coates ao lado a fazer o jogo que fez, até o Gladstone pareceria um central razoável.

PORRO
Só queria que alguns (demasiados) portugueses gostassem tanto da sua democracia como este espanhol gosta do Sporting.

NUNO MENDES
Entre pontapés no ar e mergulhos naqueles lagos, esta criança que é dos melhores jogadores do plantel chegou ao primeiro título pela equipa principal. Que venham muitos mais.

JOÃO PALHINHA
Disse que esta vitória mostrava que o Sporting estava pronto para batalhar em todas as frentes. Este todas é meio relativo, visto que a Taça de Portugal e a Liga Europa já foram ao ar. Mas a fingir que o campeonato é várias frentes, para manter esse empenho todo.

JOÃO MÁRIO
Não tem jeito nenhum para tirar fotografias. Fica ali todo atrapalhado como um sorriso meio afectado, como quem diz “podia estar a ganhar a Taça da Liga de Itália, mas enfim, aqui estou”. Mas no fundo até acho que estava genuinamente feliz, vá.

NUNO SANTOS
Bebeu dois goles de cerveja/champanhe (não sei o que é aquilo) nos festejos e deu por ele bêbado quase aos linguados com o Paulinho.

TIAGO TOMÁS
Para gáudio de milhões de espectadores que estavam a dizer “isto não é um relvado, é uma piscina!”, fingiu um corte no sobrolho para poder jogar de touca. Dou-lhe 8/10 no arrojo humorístico.

PEDRO GONÇALVES
“Este menino joga muito, carago” – disse Vítor Pereira na SPORTTV, e eu nem vou mexer para não estragar.

JOVANE
Bem tentou controlar a bola naquelas piscinas, mas estava difícil. Agora, com o jogo (10 minutos!) inacreditável que fez contra o Porto, podemos todos aceitar que durante uns 10 jogos está dispensado de brilhar.

SPORAR
A sua entrada foi importante, visto que serviu para ir lutar para a lama com os centrais do Braga, e para dar descanso ao nadador olímpico Tiago Tomás que já estava agastado de tanta mariposa.

MATHEUS NUNES
Como o João Ferreira usa a Constituição para defender os seus pontos, Rúben Amorim usa o Matheus Nunes para fazer o mesmo (neste caso não eram pontos, vá, mas vocês percebem).

NETO
Se há coisa em que ele é útil é nisto. Entrar a 10 minutos do fim só para desbravar mato e segurar resultado. Merece a medalha que levou para casa.