Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Diogo Faro

Graças ao Coates, ficámos a saber que um uppercut mesmo nos queixos do muito correto Pepe não dá direito a penálti

Na sua análise humorística ao clássico, Diogo Faro também saúda o facto de Rúben Vinagre ter acabado o jogo com duas pernas e como Luís Neto parece o tipo mais afetuoso se comparado ao jogador a que se refere várias vezes. Pepe, que "temos muita sorte que tenha escolhido o futebol em vez do UFC"

Diogo Faro

RODRIGO ANTUNES/LUSA

Partilhar

ADÁN

Teve de fazer menos 27 defesas do que o Diogo Costa, levou os mesmos golos. E depois ainda tive de ver o Sérgio Conceição a insinuar que o empate não tenha sido justo… para o Porto. ‘Tá bem, ó Sérgio.

COATES

Graças ao Coates, ontem ficámos a saber que um uppercut mesmo nos queixos não dá direito a penálti. Não sei se esta regra se aplica a todos os jogadores, mas se for o Pepe é certinho que está a valer dar socos. Gosto como na repetição se vê o ar do Pepe a cerrar os dentes no momento de dar o soco ao Coates. O Pepe é realmente uma joia de ser humano, muito correto e nada violento, e temos muita sorte que ele tenha escolhido o futebol em vez do UFC.

FEDDAL

Estava um pouco mais lento do que o costume porque teve de andar sempre com uma malinha de primeiro socorros às costas para poder suturar e fazer pensos aos colegas que eram atingidos por gestos carinhosos do Pepe.

Artigo Exclusivo para assinantes

No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

Já é assinante?
Comprou o Expresso? Insira o código presente na Revista E para continuar a ler