Tribuna Expresso

Perfil

Entrevistas Tribuna

Eduardo Henrique: "O Bruno Fernandes é o nosso capitão, tem de cobrar"

O terceiro treinador da época para o Sporting é o mesmo que Eduardo Henrique teve, durante o primeiro ano em Portugal, no Belenenses SAD. O médio brasileiro, tímido e parco em palavras, conta como Silas é reservado e "está mais na dele", trata todos os jogadores por igual, o ajudou a ser 6 quando prefere ser 8 e como Bruno Fernandes, o capitão de equipa, faz bem em exigir coisas à equipa

Diogo Pombo e Ana Brígida

Ana Brígida/Expresso

Partilhar

Nota-se que se sente melhor quanto menos forem as palavras ditas. Eduardo Henrique está no Sporting desde o verão e não há quem conheça melhor Silas, o terceiro treinador da época. O brasileiro já lhe disse que prefere jogar a 8 em vez de a 6 e garante que os adeptos ajudarão mais se não assobiarem a equipa.

Foste o jogador que ficou mais contente com a chegada do Silas?
Não sei como reagiram os outros, mas eu fiquei muito feliz. Ele já me conhecia da época passada, é um grande prazer trabalhar com ele novamente.

Os outros jogadores perguntaram-te muito sobre ele?
Sim, tiraram dúvidas, perguntaram como era o trabalho no dia a dia, se era um bom treinador. Passei a informação toda para eles, todo o mundo gostou, e agora estão a gostar dos treinos, da atitude e do Silas, como pessoa. Disse-lhes que é um cara muito inteligente, gosta que a equipa jogue com bola e que pressione. Ele cobra muito nos treinos e vai retirando o melhor de cada jogador.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)