Euro 2016

Perfil

Estrelas

Luka Modric

A estrela invisível

Partilhar

Foto Dennis Grombkowski

"Eu amo ver Iniesta em campo, mas Modric é fantástico". A declaração pertence ao antigo internacional português, Deco. É uma frase forte, mas faz todo o sentido e revela a importância do médio, que desenha cada jogada como se os pés tivessem à disposição régua e esquadro. Qual o treinador que não gostaria de ter Modric no plantel? Quando falamos de um "box-to-box", Modric é o exemplo perfeito de um médio centro que faz quilómetros de qualidade ao longo de 90 minutos. E 90 é também o número de internacionalizações que irá cumprir na estreia frente à Turquia. Luka Modric começou a brilhar ao serviço do Dínamo de Zagreb onde cumpriu quatro temporadas até sair para o Tottenham de Inglaterra. Nos londrinos demonstrou que estava preparado para os grandes palcos e tornou-se um ídolo para os adeptos e um elemento imprescindível para o clube. Foi preciso uma proposta milionária do Real Madrid para convencer o Tottenham a libertar o jogador rumo ao aeroporto de Heathrow. Na altura, os espanhóis avançaram para o jogador por se tratar de um pedido expresso de José Mourinho. Mourinho, Ancelotti e Benítez chegaram e foram, mas Modric continuou na equipa e com lugar cativo no centro do terreno, no meio de toda a ação. O 'mago' croata dá estabilidade, segurança e confiança. O passe curto é quase sempre certeiro e a visão de jogo permite que muitas vezes arrisque o passe longo em busca dos homens mais avançados. Na seleção croata, tem a companhia de Ivan Rakitic, outro elemento com capacidade técnica para fazer estragos. À partida, Modric deverá ser titular indiscutível na seleção. Aos 30 anos tem uma oportunidade soberana para escrever história pela Croácia e a época positiva ao serviço do Real Madrid aumentou a fé e a esperança dos adeptos croatas que acreditam no coração e nos pulmões inesgotáveis de Luka. Pequeno em tamanho, gigante em qualidade. Ele promete ser uma das estrelas do Euro 2016.