Tribuna Expresso

Perfil

Euro 2020 - descrição

Euro 2020 - descrição

Euro 2020

Rodagem nas pernas é com Portugal: só uma seleção tem mais minutos jogados esta época entre os convocados

Um estudo do Observatório do Futebol (CIES) publicado esta quarta-feira calculou os minutos jogados esta época por todos os jogadores convocados para o Campeonato da Europa. Portugal só fica atrás da Inglaterra e tem a sexta maior média de idades entre as 24 seleções da competição

Lusa

NurPhoto

Partilhar

A seleção portuguesa é a segunda equipa com mais minutos ‘nas pernas’ que vai estar na fase final do Euro2020 e tem uma das médias de idade mais elevadas, de acordo com o Observatório do Futebol.

O estudo divulgado pelo organismo, esta quarta-feira, demonstra que os 26 jogadores convocados pelo selecionador Fernando Santos somam um total de 2.403 minutos disputados durante a última temporada nos seus respetivos clubes, num ‘campeonato’ em que apenas a Inglaterra apresenta um número mais elevado do que a seleção portuguesa, com 2.496.

Os Países Baixos, que estão de regresso a uma grande competição internacional, fecham o ‘top 3’, com 2.292 minutos.

Quanto aos adversários de Portugal, atual detentor do título, no grupo F, a França aparece no quinto lugar, com 2.226 minutos, enquanto a Alemanha é sexta, com 2.181.

Na outra ponta da tabela, a equipa mais ‘fresca’ é a Ucrânia, com 1.390 minutos disputados na soma dos 26 convocados de Andriy Shevchenko, seguido da estreante Macedónia do Norte, com 1.398.

Quanto às idades dos jogadores selecionados, Portugal apresenta uma média de 27,9 anos e aparece como a sexta seleção mais ‘velha’ da prova. França é oitava, com 27,8, e Alemanha é 14.ª, com 27,5.

A mais ‘experiente’ é a Suécia (29,2 anos), seguida da Bélgica, segunda com 29,1, e da Eslováquia, terceira com 28,2.

A Turquia é a formação mais jovem do torneio, com uma média de 24,9 anos entre os 26 convocados. A Inglaterra aparece logo a seguir, com 25,2, e o vizinho País de Gales é terceiro, com 25,5.

A Polónia, de Paulo Sousa, aparece no nono lugar no campeonato dos minutos, com 2.148, e tem uma média de idades de 27,1, que coloca a equipa do técnico português como a sétima mais ‘nova’ do Europeu.

A seleção polaca tem mesmo o jogador mais novo que vai disputar o torneio, com o médio Kacper Kozlowski, do Pogon, a ter apenas 17 anos (nascido em 16 de outubro de 2003).

O jogador mais velho que vai estar no torneio é o guarda-redes holandês Maarten Stekelenburg, que tem 38 anos (nascido em 22 de setembro de 1982).

A fase final do Euro2020, adiado para 2021 devido à pandemia da covid-19, vai decorrer de 11 de junho a 11 de julho, em 11 cidades de 11 países.