Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Euro 2020 - descrição

Euro 2020 - descrição

Euro 2020

Guia do Euro 2020: Croácia

O perfil da seleção da Croácia (grupo D): como chegou ao Euro 2020, como joga e quem são os jogadores mais importantes

Tiago Teixeira

KENZO TRIBOUILLARD

Partilhar

CROÁCIA

Melhor marcador no apuramento: Bruno Petković (4)
Melhor desempenho em Europeus: quartos-de-final (1996, 2008)
Euro 2016: oitavos-de-final, perdeu com Portugal após prolongamento
Jogos no Euro 2020 (grupo D): Inglaterra (13 de junho); República Checa (18 de junho); Escócia (22 de junho)

Depois de terem alcançado a final do Mundial de 2018 - perderam com a França por 4-2 -, os vice-campeões do mundo, orientados por Zlatko Dalic, chegam ao Europeu fiéis à sua identidade de jogo: um futebol apoiado e com qualidade técnica.

Organizados no habitual 4-2-3-1, a Croácia tem no seu meio campo a sua principal força, tanto a nível defensivo como a nível ofensivo. Brozovic, Kovacic e Badelj são as principais opções para o duplo pivô, e garantem muita qualidade no momento da construção – principalmente Kovacic, pela capacidade que tem em sair da pressão com a bola controlada. Na sua frente jogará Modric, fantástico a executar e a definir em zonas de criação, sendo que Vlasic é outro nome a ter em conta, pela qualidade técnica e capacidade no último passe (parte da direita mas aparece muito em zonas interiores).

Há ainda Perisic (titular), Rebic e Orsic (suplentes), que partindo mais dos corredores laterais, garantem verticalidade, velocidade e muita qualidade em zonas de finalização. Como principais opções para o lugar de referência ofensiva, surgem Kramaric, inteligente na maneira como se movimenta e com qualidade na hora de finalizar, e Petkovic, que foi o melhor marcador da fase de apuramento.

JOGADOR CHAVE

Icon Sport

Luka Modric, 35 anos. O experiente médio do Real Madrid já conta com mais de 130 internacionalizações e continua a ser a grande figura da Croácia. Apesar da idade, Modric continua a ser uma mais valia em todos os momentos do jogo. Ajuda muito na pressão, e com bola acrescenta a habitual qualidade técnica e critério.

JOGADOR A SEGUIR

Nikola Vlasic, 23 anos. O médio-ofensivo do CSKA é sinónimo de qualidade técnica – muito forte no último passe e no remate, tendo terminado a época com 12 golos e 6 assistências. Na seleção, Vlasic costuma jogar mais sobre o corredor direito, com liberdade para aparecer em zonas interiores, ou seja, no espaço entre a linha defensiva e a linha média adversária.

11 provável