Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Euro 2020 - descrição

Euro 2020 - descrição

Euro 2020

Guia do Euro 2020: Países Baixos

O perfil da seleção dos Países Baixos (grupo C): como chegou ao Euro 2020, como joga e quem são os jogadores mais importantes

Tiago Teixeira

ANP Sport

Partilhar

HOLANDA

Melhor marcador no apuramento: Georginio Wijnaldum (8)
Melhor desempenho em Europeus: vencedores (1988)
Euro 2016: não se apurou
Jogos no Euro 2020 (grupo C): Ucrânia (13 de junho); Áustria (17 de junho); Macedónia do Norte (21 de junho)

Depois de falharem a presença no Euro 2016 e no Mundial de 2018, a Holanda está finalmente de regresso a uma grande competição. Com a saída de Koeman para o Barcelona, Frank de Boer foi o escolhido (assinou em setembro do ano passado) para assumir o comando técnico da seleção.

Organizados em 4-2-3-1, a Holanda é uma seleção que gosta de um futebol apoiado, e tem em Frenkie de Jong o principal organizador de jogo pelo corredor central. Oferece critério, progressão e capacidade de resistir à pressão, sendo fundamental na maneira como ligam a construção com a criação. Como “10” joga um médio com chegada a zonas de finalização e capacidade na pressão – Wijnaldum parte como principal opção.

Depay, da esquerda para dentro, é o principal desequilibrador no último terço - oferece criatividade, qualidade técnica e capacidade para jogar em espaços reduzidos, fundamental a receber a bola nas costas dos médios adversários.

Luuk de Jong é a principal referência em zonas de finalização, destacando-se principalmente na finalização a cruzamentos, algo que a Holanda procura muito no último terço. Nestes momentos, contam muito com a participação ofensiva dos dois laterais (Wijndal e Dumfries), pela facilidade com que chegam ao último terço para servir as zonas de finalização.

JOGADOR CHAVE

Soccrates Images

Memphis Depay, 27 anos. O avançado do Lyon, que terminou a época com 22 golos marcados e 12 assistências, é a principal figura de uma seleção que vive muito da qualidade individual. Depay, além da qualidade em zonas de finalização, é também o principal criador, sendo dele que se esperam os lances de maior criatividade e desequilíbrio individual.

JOGADOR A SEGUIR

VI-Images

Donyell Malen, 22 anos. O avançado do PSV não deverá fazer parte do 11 inicial de Frank de Boer, mas poderá ser uma mais valia vinda do banco de suplentes. Oferece qualidade técnica, velocidade (forte a explorar a profundidade) e capacidade no momento da finalização. Terminou a época com 27 golos e 10 assistências.

11 provável