Tribuna Expresso

Perfil

Euro 2020

Euro2020: Cabeça, coração e verbo (por Pedro Boucherie Mendes)

Começa o Euro. De uma coisa podemos estar seguros: no fim vencerá o melhor, porque é sempre assim no mundo do futebol. A crónica de Pedro Boucherie Mendes (que irá escrever para a Tribuna durante este Euro)

Pedro Boucherie Mendes

Baptiste Fernandez/Getty

Partilhar

Hoje o futebol é “mais que um jogo”. É uma erupção grandiosa de frases feitas, ações dos patrocinadores, jornalismo militante e parcial, conferências de imprensa aborrecidas, transferências insinuadas, revelações, desilusões, proezas, cervejódromos e muito futebol sentado debatido nas televisões. Tudo cria uma “autêntica atmosfera de festa em redor da competição”. A vida estipular-se-á por horário dos jogos, haverá “alegrias e tristezas”, o estranho ritual (que nunca entendi) de ver jogos em conjunto, desafiará uns quantos, Covid inclusive.
Para nós tudo começa agora, mas os jogadores estão nisto há 11 meses.

Artigo Exclusivo para assinantes

No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

Já é assinante?
Comprou o Expresso? Insira o código presente na Revista E para continuar a ler