Tribuna Expresso

Perfil

Euro 2020

Itália ao Ataque!

Roberto Mancini venceu desde já o campeonato da elegância, do bom gosto e da memória. Tudo por causa do blazer à Enzo Bearzot. Dentro do campo, depois do que viu na exibição frente à Turquia, Bruno Vieira Amaral diz acreditar mais que nunca na Itália

Bruno Vieira Amaral

Anadolu Agency

Partilhar

Um bom dia para Itália, um mau dia para o futebol. Esclareço: foi um mau dia para começar o Europeu de futebol. O nosso Jorge Fonseca sagrou-se bicampeão do mundo de judo e, à noite, enquanto Itália e Turquia se enfrentavam em Roma, Nadal e Djokovic davam ópera aos espectadores em Roland Garros.

Com todo o respeito pela nova dinâmica transalpina, pela celebrada defesa turca supostamente de betão armado e que implodiu em 45 minutos e pelos compromissos publicitários da UEFA, ignorar o duelo de Paris para ver um jogo de futebol seria o mesmo que trocar Maria Callas por Maria Leal. Como “Nole” despachou Nadal em menos tempo do que se chegou a prever, ainda pude comprovar a metamorfose transalpina de equipa aferrolhada em hidra de pressão e toque.

Artigo Exclusivo para assinantes

No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

Já é assinante?
Comprou o Expresso? Insira o código presente na Revista E para continuar a ler