Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Euro 2020

Bruno Alves: “Dei tudo na Seleção. Não deixei nada por fazer. Foram 11 anos seguidos. Sou grato por tudo que vivi”

Na sua estreia do outro lado do jogo de futebol, desta vez como comentador da SIC Notícias no Euro 2020, Bruno Alves tem ainda bem presente na memória o último Campeonato da Europa: “Foi tudo mágico no Euro 2016. Todos os jogadores estiveram bem. Estávamos unidos.” O central português fala ainda do selecionador com grande reverência: “Com o mister Fernando Santos é melhor não chegar atrasado, porque ele não perdoa, ele é duro. Gosta de disciplina no trabalho.” Estas e muitas outras histórias sobre Cristiano Ronaldo, Éder e a Seleção Nacional segundo Bruno Alves, numa conversa com Nuno Luz e Nuno Pereira no podcast 'Vamos a Jogo'

Nuno Luz e Nuno Pereira

Na sua estreia do outro lado do jogo de futebol, desta vez como comentador da SIC Notícias no Euro 2020, Bruno Alves tem ainda bem presente na memória o último Campeonato da Europa: “Foi tudo mágico no Euro 2016. Todos os jogadores estiveram bem. Estávamos unidos.” O central português fala ainda do selecionador com grande reverência: “Com o mister Fernando Santos é melhor não chegar atrasado, porque ele não perdoa, ele é duro. Gosta de disciplina no trabalho.” Estas e muitas outras histórias sobre Cristiano Ronaldo, Éder e a Seleção Nacional segundo Bruno Alves, numa conversa com Nuno Luz e Nuno Pereira no podcast 'Vamos a Jogo'

Partilhar

Pode subscrever e seguir este podcast em Apple Podcasts, Soundcloud, Spotify ou qualquer plataforma de podcasts que utilize no seu telemóvel ou computador. Também pode ouvi-lo sempre no site da Tribuna, do Expresso ou da SIC Notícias.