Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Euro 2020 - descrição

Euro 2020 - descrição

Euro 2020

Regresso dos adeptos aos estádios assinalado por Jorginho no museu do futebol italiano

O jogador italiano Jorginho doou a camisola do jogo frente à Turquia para assinalar o dia em que a Itália venceu o jogo de abertura do Euro 2020 e os adeptos regressaram aos estádios

Rita Meireles

Giorgio Perottino - UEFA

Partilhar

O dia 11 de junho marcou o arranque do Euro 2020. O jogo de estreia juntou as seleções da Itália e Turquia no Estádio Olímpico de Roma e terminou com a vitória dos italianos por três golos contra o nulo dos turcos. Se a vitória já era motivo de felicidade suficiente em Itália, o facto de a data ter marcado o regresso dos adeptos aos estádios num dos países mais afetados pela pandemia na Europa tornou tudo mais especial.

De forma a assinalar a data e deixá-la marcada na história do futebol italiano, Jorginho, jogador da seleção de Itália e do Chelsea, doou ao Museu do Futebol de Coverciano (Museo del Calcio di Coverciano) a sua camisola, com o número oito. O galhardete da seleção turca foi também doado ao museu.

O museu, fundado em 2000, conta a história do futebol em Itália e no mundo, através de um centro de documentação histórica, uma base de dados multimédia e ainda um Hall of Fame que conta com nomes como Alessandro Del Piero, Francesco Totti, Maradona, Michel Platini e Ronaldo. Através da camisola de Jorginho, conta agora, também, com o símbolo do regresso à normalidade, mais de um ano depois do início da pandemia.