Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Euro 2020 - descrição

Euro 2020 - descrição

Euro 2020

A Alemanha marcou, a França ganhou (a crónica de um jogo definido por um autogolo)

O duelo entre os dois últimos campeões do Mundo foi menos vistoso do que seria de esperar e um autogolo de Hummels ainda na 1.ª parte definiu o vencedor: 1-0, vitória para os franceses, que se juntam a Portugal no 1.º lugar do Grupo F

Tribuna Expresso

Baptiste Fernandez/Getty

Partilhar

Era o último encontro da 1.ª jornada da fase de grupos do Euro e logo um duelo entre os dois últimos campeões mundiais, França e Alemanha. E, no final, marcou a Alemanha, mas foi a França a levar os três pontos, num jogo que acabou por não ser tão vistoso como o cartaz poderia fazer prever.

Tudo porque o jogo acabou por ser definido por um autogolo de Mats Hummels aos 20 minutos de jogo, um lance de infelicidade para o central alemão, a falhar o corte após um cruzamento tenso de Lucas Hernandez, numa jogada em que o foco vai para o passe de trivela de Paul Pogba que encontra o lateral francês do Bayern sozinho.

A exibição de Pogba, sempre renascido na seleção, foi o grande motor de uma seleção francesa que esteve mais por cima na 1.ª parte, viu a Alemanha reagir na 2.ª, mas que criou sempre as melhores oportunidades.

No 2.º tempo, mesmo com uma Alemanha com mais bola e mais perto da área adversária, a França pareceu sempre pautar o ritmo de jogo: quando acelerou, a mobilidade do ataque francês e a visão de Pogba criaram estragos. Aos 52', Rabiot rematou ao ferro quando tinha Griezmann em boa posição para marcar e os gauleses viram ainda dois golos serem-lhes anulados por foras de jogo milimétricos: primeiro aos 66', num lance de génio de Mbappé, que dançou sobre os defesas rivais antes de colocar em jeito fora do alcance de Neuer (mas estava adiantado quando recebeu o passe) e depois aos 86' por Benzema, após mais uma jogada iniciada por Pogba - mais uma vez foi Mbappé, que fez a assistência final, a ser apanhado adiantado.

A grande oportunidade da Alemanha na 2.ª parte aconteceu aos 54', com Gnabry a não dar a melhor sequência a um cruzamento de Robin Gosens.

Com este resultado, a Alemanha recebe Portugal no próximo sábado muito pressionada, enquanto a França tem aqui um arranque importante naquele que é o grupo da morte deste Euro 2020.