Tribuna Expresso

Perfil

Euro 2020 - descrição

Euro 2020 - descrição

Euro 2020

E já está, Cristiano é o melhor marcador da história do Campeonato da Europa

Capitão da seleção portuguesa alcança o 11.º golo e supera finalmente Michel Platini, com quem dividia o trono de melhor marcador do torneio. Veja aqui a lista dos maiores goleadores das fases finais de Europeus... que ainda conta com outro jogador português

Tribuna Expresso

Icon Sport

Partilhar

Depois dos dois golos à Hungria, Cristiano Ronaldo ultrapassa finalmente Michel Platini e torna-se no melhor marcador da história do Campeonato da Europa. Antes do jogo desta terça-feira, o capitão da seleção portuguesa estava empatado com o francês, com nove golos. Nota: Platini, o genial Platini, fez os nove golos no mesmo Europeu, o de 1984, um torneio que a França venceu em casa.

A história de amor correspondido entre Ronaldo e os Europeus começou em 2004, em casa, quando teve de lutar para ganhar a titularidade, dando cabo da cabeça aos espanhóis, nomeadamente ao pobre Raúl Bravo, num torneio que desaguou numa tragédia grega. O jovem Cristiano marcou dois golos nesta edição caseira - à Holanda nas 'meias' e à Grécia, na jornada inaugural, a primeira derrota perante os helénicos.

A caminhada de Cristiano seguiu, navegando nas águas das várias gerações, sempre com o protagonismo na ponta da bota. Em 2008 marcou à República Checa, o segundo golo do 3-1, na fase de grupos.

Seguiu-se o Euro 2012, no qual molhou a sopa mais três vezes: Holanda (2x), no Grupo B, e República Checa novamente, a contar para os quartos de final. Finalmente, em 2016, já sabemos como rolou o ballet, com Cristiano a fazer dois golos à Hungria de Gábor Király (leia AQUI a entrevista à Tribuna Expresso do homem das calças de fato de treino), na fase de grupos, e a País de Gales, na meia-final, uma vitória por 2-0 que carimbou a passagem à final do Campeonato da Europa, em França. O desfecho, ao contrário de 2004, foi feliz e as lágrimas de Cristiano desta vez, apesar da lesão, foram alegres.

Ou seja, abaixo de Ronaldo agora está o mundo inteiro, mas lembremos quem são os restantes melhores marcadores das fases finais deste torneio: Michel Platini (9), Alan Shearer (7), Antoine Griezmann (6), Zlatan Ibrahimovic (6), Thierry Henry (6), Patrick Kluivert (6), Nuno Gomes (6) e Ruud van Nistelrooy (6).

O Campeonato da Europa começou em 1960, com um Jugoslávia-França, no Parque dos Príncipes, em Paris. O jogo debutante terminou com uma reviravolta espetacular dos jugoslavos (5-4). O primeiro homem a celebrar um golo neste torneio foi Milan Galic.