Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Euro 2020 - descrição

Euro 2020 - descrição

Euro 2020

Pepe: "Em nove pontos possíveis, podemos fazer seis. Pode parecer, mas não estamos assim tão mal"

O defesa central português, de 38 anos, ressalvou, na antevisão ao jogo com a França (quarta-feira, 20h, RTP1), que a seleção está com "vontade tremenda em demonstrar" o seu valor e que Portugal deverá ter "as linhas muito juntas" para vencer os campeões mundiais

Diogo Pombo

Nick England - UEFA

Partilhar

O que se tem de fazer contra a França

"Sabemos que vai ser muito difícil e vamos procurar estar da melhor maneira possível para poder corresponder à expetativa de todos e conseguir o nosso objetivo, que é apurar desta fase de grupos.

Portugal tem de ser o que costumamos ser sempre, uma equipa muito solidária e aguerrida dentro de campo, pondo sempre em prática o que o nosso selecionador nos pede, sabendo que vamos defrontar uma grande seleção, mas que também temos as nossas armas. Vamos demonstrar o que temos vindo a demonstrar nestes anos todos na seleção".

Os pontos fortes de França

"Depois do jogo com a Alemanha a equipa estava muito triste, dizemos todos uma análise individual e depois com o selecionador. Estamos com uma vontade tremenda para demonstrar o nosso real valor. A equipa está bem, preparou-se bem e deseja que chegue o jogo de amanhã para pormos em prática o que somos".

Passando, o céu é o limite?

"Em nove pontos que são possíveis, podemos fazer seis num grupo extremamente difícil. Pode parecer que estamos mal, mas não estamos assim tão mal. Fizemos um jogo mau, é um facto, mas o futebol dá a oportunidade de fazermos melhor no jogo seguinte. É contra uma equipa difícil, é verdade, mas vamos dar o nosso melhor".

O que correu mal defensivamente contra a Alemanha?

"Quando se ganha, ganhamos todos, quando se perde, perdemos todos. Essa é a força do nosso grupo. Para o jogo com a França é termos as linhas muito juntos, termos uma equipa solidária, que demonstrou o que é Portugal nos últimos anos - com jogadores com qualidade e trabalhando em prol da equipa.

Foi isso que nos fez ser uma seleção respeitada na Europa. Contra a Alemanha, tenho uma imagem clara - quando o lateral esquerdo da Alemanha ganha um canto, ele vibrava, o que demonstra o querer que eles tinham em ganhar à seleção portuguesa. Temos de igualar essa vontade para seguirmos a nossa caminhada e conseguirmos os nossos objetivos".

Como se prepara um jogo com a calculadora?

"Vamos ver. Ganhando o jogo, estamos classificados. De nove pontos possíveis, podendo fazer seis neste grupo... Vamos com calma, as coisas têm de ser ditas como elas são.

Temos grandes possibilidades de ganhar o jogo, temos capacidade e jogadores para isso, e juntando isso ao trabalho estaremos no caminho certo para ganhar à França".

38 anos e ainda está aqui

"Como faço? Amo aquilo que faço, sou um privilegiado em fazer o que mais amo. Todos os dias levanto-me com o maior prazer".