Tribuna Expresso

Perfil

Football Leaks

Caso Rui Pinto. Depois de Paulo Registo, a juíza Helena Leitão põe o lugar à disposição. Por conflito de interesses

A juíza revela que é cliente de João Medeiros, advogado assistente no processo que julga o alegado hacker Rui Pinto

Hugo Franco e Rui Gustavo

Horacio Villalobos

Partilhar

No início da semana, Paulo Registo, o juiz-presidente do caso Rui Pinto, avançou com um pedido de escusa depois de se ter descoberto que apoiou alguns posts partilhados nas redes sociais a denegrir o denunciante do Football Leaks. Agora, foi a vez de Helena Leitão, a juíza-adjunta do coletivo que irá julgar o mesmo processo, colocar o seu lugar à disposição, embora não tenha avançado com um pedido de escusa como o seu colega.

A magistrada diz só ter descoberto esta quarta-feira quem são os intervenientes do mediático processo. Entre eles encontra-se o advogado João Medeiros, que é assistente no caso, já que o seu computador foi alvo de hacking por parte de Rui Pinto, de acordo com a acusação do DCIAP.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.