Tribuna Expresso

Perfil

Football Leaks

Football Leaks. Ministério Público quer que Jorge Jesus testemunhe contra Rui Pinto

O MP diz que o alegado hacker partilhou informações sobre o contrato do treinador com o Sporting

Tribuna Expresso

NurPhoto

Partilhar

O “Público” avança esta terça-feira que o Ministério Público quer Jorge Jesus, atual treinador do Benfica, a testemunhar contra Rui Pinto, colaborador do Football Leaks. O alegado hacker partilhou, no site Football Leaks, informações sobre o contrato do treinador com o Sporting.

Para além de Jorge Jesus, o MP pretende os testemunhos de Paulo Nunes e Filipe Çelikkaya, ambos treinadores da formação na altura -- o segundo é o novo treinador da equipa B do Sporting. O diário diz que este trio terá sido alvo de intrusões informáticas por parte do alegado hacker.

A acusação do Ministério Público refere que Rui Pinto terá entrado nos servidores do Sporting, acedendo às contas de email de Jorge Jesus, Paulo Nunes, Filipe Çelikkaya e Bruno de Carvalho, o então presidente do clube. Este ato criminoso, diz a acusação, remonta a julho de 2015.

De acordo com o “Público”, várias personalidades visadas pelo alegado hacker, entre elas Jorge Jesus, não apresentaram queixa, o que contribuiu para a retórica da defesa para a redução de crimes, que passaram de 147 para 90.

“Rui Pinto sente que está em risco de vida"

Rui Pinto foi libertado este fim de semana das instalações da Polícia Judiciária e colocado num programa de proteção de testemunhas, pode ler-se neste artigo do Expresso.

“Rui Pinto sente que está em risco de vida e por isso deve ser protegido pelo Estado”, revelou ao Expresso uma fonte judicial. Essa mesma informação foi confirmada por outra fonte, que revelou: “Pelos conhecimentos que detém neste momento, tem de ser protegido pelo sistema de justiça”.

Rui Pinto estará numa casa segura, em Lisboa. A juíza Margarida Alves foi quem decretou a libertação de Rui Pinto, que agora terá de se apresentar uma vez por semana em instalações da Polícia Judiciária. Rui Pinto não terá qualquer restrição no acesso à Internet.