Tribuna Expresso

Perfil

Football Leaks

Advogado de Rui Pinto diz que “há muitos interesses” contra o combate à corrupção

A avaliação foi feita no intervalo da primeira sessão do julgamento de Rui Pinto. Francisco Teixeira da Mota, que representa o alegado hacker, referiu-se a declarações da ministra da Justiça na quinta-feira

Tribuna Expresso

Francisco Teixeira da Mota

NUNO BOTELHO

Partilhar

O advogado Francisco Teixeira da Mota, que representa o alegado hacker Rui Pinto, disse esta sexta-feira que “há muitos interesses que não têm interesse num verdadeiro combate à corrupção”. As declarações foram feitas à saída do Tribunal Central do Campus de Justiça, em Lisboa, no intervalo da primeira sessão do julgamento de Rui Pinto.

“Ontem, a ministra da Justiça fez declarações importantes sobre um novo pacote contra a corrupção. Neste país ainda há um regime que, em muitos aspetos, tem de ser alterado quanto ao combate à corrupção e justiça criminal”, declarou. O advogado classificou as declarações de Francisca Van Dunem como “importantes no sentido de o alterar”, ressalvando que “houve muita gente que protestou” por não ter “interesse num verdadeiro combate”.

Questionado sobre se a libertação de Rui Pinto terá sido um primeiro passo nesse sentido, Francisco Teixeira da Mota escusou-se a responder. Antes, já se tinha escudado em relação a aspetos concretos da acusação ao seu cliente: “Não comento os casos pendentes em tribunal. Não devo, como advogado”, justificou.