Tribuna Expresso

Perfil

Football Leaks

Football Leaks: os segredos foram expostos, o Fisco ficou com fome, mas os grandes negócios da bola tornaram-se ainda maiores

Passavam 17 minutos das 5h de 29 de setembro de 2015 quando o blogue Football Leaks publicou a sua primeira mensagem para “divulgar a parte oculta do futebol”. As publicações que se seguiram tornaram Rui Pinto um dos alvos mais procurados da Polícia Judiciária e inimigo número um da Doyen. Começou tudo há precisamente cinco anos - e isto é o que mudou (ou nem por isso)

Miguel Prado

picture alliance

Partilhar

“Bem-vindo ao Football Leaks. Este projecto visa divulgar a parte oculta do futebol. Infelizmente o desporto que tanto amamos está podre e é altura de dizer basta. Fundos, comissões, negociatas, tudo serve para enriquecer certos parasitas que se aproveitam do futebol, sugando totalmente clubes e jogadores”. Era assim que o blogue se apresentava ao mundo, pelas 5h17 de 29 de setembro de 2015. Não era ainda Rui Pinto o seu rosto, mas seria mais tarde.

Cinco anos depois, a bola ainda é redonda, mas o negócio é bem maior. Transferências por valores antes impensáveis enriqueceram um conjunto de intermediários. Mas também despertaram o interesse das autoridades fiscais de vários países: estaria a indústria do futebol a entregar à sociedade a devida fatia de impostos gerados com negócios estratosféricos?

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.