Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Football Leaks

Gestifute passou ao Mónaco faturas sem IVA. Fisco da Irlanda não gostou

Em 2016 e 2017 a Gestifute cobrou ao Mónaco várias comissões relativas a Radamel Falcao, Fábio Coentrão e Fábio Tavares. Fê-lo sem IVA. Mas a administração fiscal da Irlanda foi implacável

Partilhar

O mês de janeiro de 2016 estava a correr bem ao Mónaco. Em cinco jogos a equipa levava um empate e quatro vitórias, a última das quais por 4-0 frente ao Toulouse. Na última partida desse mês, a 30 de janeiro, os monegascos sofreram uma derrota pesada por 3-0 frente ao Angers. Mas a vida de um clube de futebol não acontece só dentro das quatro linhas. É também gerir todo o normal fluxo de pagamentos e receitas, relações com prestadores de serviço, fornecedores, intermediários. Entre eles havia um que se destacava. A Gestifute, de Jorge Mendes, era um importante parceiro de negócios.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.