Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

A teoria da previsibilidade: no milésimo GP, ganha o pentacampeão

Lewis Hamilton (Mercedes) venceu o GP da China, o número 1000 desta competição, e passou a liderar o mundial, com seis pontos de vantagem sobre o colega Valtteri Bottas, que foi segundo

Lusa e Tribuna Expresso

Charles Coates

Partilhar

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu hoje o Grande Prémio da China de Fórmula 1, no circuito de Xangai, e ascendeu à liderança do Mundial de Fórmula 1, após três corridas disputadas.

O atual pentacampeão mundial deixou o companheiro de equipa, o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) a seis segundos de distância e o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) em terceiro, a 13 segundos, neste que foi o milésimo GP da história da F1.

Foi a 75.ª vitória do britânico no Mundial, segunda consecutiva do ano, depois de ter vencido no Bahrain. O próximo GP disputa-se a 28 de abril, em Baku, no Azerbaijão.

O Mundial está assim ordenado:

1.º Lewis Hamilton (Mercedes), 68 pontos
2.º Valtteri Bottas (Mercedes), 62
3.º Max Verstappen (RedBull), 39
4.º Sebastien Vettel (Ferrari), 37
5.º Charles Leclerc (Ferrari), 32