Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

Todos falavam da Ferrari, mas a 'pole' em Baku é de Valtteri Bottas

Finlandês da Mercedes aproveitou os erros do favorito Charles Leclerc e a descida da temperatura da pista para garantir a pole-position no GP Azerbaijão, na última volta lançada da qualificação. Ao seu lado partirá o colega de equipa Lewis Hamilton

Tribuna Expresso

Mark Thompson/Getty

Partilhar

O fim de semana em Baku corria bem à Ferrari, consistentemente mais forte na pista citadina da capital do Azerbaijão. Mas, na hora da verdade, que é como quem diz, na qualificação, tudo correu mal à equipa italiana e o GP número 1001 da história da Fórmula vai mesmo começar com dois Mercedes na linha da frente, com Valtteri Bottas a agarrar a pole-position na última volta lançada (1:40.495), deixando Lewis Hamilton a 0,059 centésimos.

Sebastian Vettel será o primeiro Ferrari da grelha, ao fazer o 3.º tempo mais rápido.

O destino amargo para a Ferrari na qualificação começou a desenhar-se quando Robert Kubica (Williams), primeiro, e Charles Leclerc (Ferrari), de seguida, embateram na parede da complicada curva 3 do circuito de Baku, a mais apertada do Mundial. Além de Leclerc, que parecia o claro favorito à 'pole', ter ficado desde logo arredado da qualificação, os dois incidentes levaram a um atraso considerável na competição, o que levou a que a qualificação se decidisse já perto do pôr-do-sol. E com a temperatura da pista a descer consideravelmente, os Mercedes conseguiram aproximar-se do ritmo da Ferrari.

Max Verstappen ainda andou bastante tempo na frente, mas tudo se resolveu nos últimos minutos da Q3: primeiro foi Hamilton a passar para a frente, mas na última volta lançada, Bottas foi o mais consistente ao longo dos vários sectores, conquistando a 8.ª 'pole' da carreira.