Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

Tragédia na Fórmula 2: piloto francês Anthoine Hubert morre após grave acidente no GP Bélgica

Gaulês de 22 anos era um dos pilotos de desenvolvimento da Renault e não resistiu após o seu monolugar embater nas barreiras, sendo depois abalroado por outro carro. A Fórmula 2 é a principal porta de entrada na Fórmula 1

Tribuna Expresso

NurPhoto

Partilhar

O fim de semana de corridas em Spa, onde se disputa o GP Bélgica, acaba de se tornar num fim de semana negro: o francês Anthoine Hubert morreu após um violento acidente quando se disputava uma corrida da Fórmula 2.

O piloto do programa de desenvolvimento da Renault, a correr nesta categoria pela Arden, despistou-se na 2.ª volta da corrida no rapidíssimo sector entre as curvas Eau Rouge e Raidillon, embatendo nas barreiras. De seguida o seu carro foi abalroado na parte lateral pelo monolugar de Juan Manuel Correa, a mais de 250 km/h. A corrida foi desde logo cancelada e os pilotos assistidos inicialmente no local.

Hubert, de 22 anos, ainda foi transportado ao hospital de helicóptero, mas não resistiu aos ferimentos, informação confirmada pela FIA quase duas horas após o acidente. Já Correa está estável, mas terá ferimentos graves nas pernas.

A Fórmula 2 é a mais importante porta de entrada na Fórmula 1 e as provas realizam-se segundo boa parte do calendário da prova rainha, nos mesmos fins de semana. Os três últimos campeões da categoria são neste momento pilotos na disciplina máxima: Pierre Gasly, Charles Leclerc e George Russell.