Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

Como resistir até ao fim, por Valtteri Bottas

Finlandês da Mercedes vai partir da pole position para o GP EUA, onde o seu colega de equipa, Lewis Hamilton, poderá sagrar-se campeão do Mundo. Bottas, que é o único capaz de ainda ultrapassar o britânico, luta até ao fim pela improvável (mas possível) surpresa

Tribuna Expresso

Dan Istitene/Getty

Partilhar

Valtteri Bottas é o único homem capaz de travar uma quase inevitabilidade, leia-se, o 6.º título mundial de Lewis Hamilton. E mesmo que o britânico da Mercedes só precise de ser 8.º em Austin para festejar, o seu colega de equipa promete luta até onde a esperança deixar. E para já vai partir na frente para o GP EUA, naquela que é a 6.ª pole consecutiva para a Mercedes no Circuito das Américas.

O finlandês, que bateu o recorde da pista norte-americana pelo caminho (1.32,029), vai partir ao lado de Sebastian Vettel, o melhor dos Ferraris, com o holandês Max Verstappen a fazer o 3.º melhor tempo.

Já Lewis Hamilton surpreendeu, pela negativa, ao fazer apenas o 5.º melhor tempo da sessão, naquela que foi a pior qualificação do ano para o britânico, que já venceu por cinco ocasiões nos Estados Unidos, mas terá muito trabalho pela frente caso queira adicionar mais um triunfo ao currículo.

As luzes para o arranque do GP EUA apagam-se domingo às 19h10 de Portugal Continental.