Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

GP Austrália em risco: McLaren confirma caso positivo à covid-19 e desiste da primeira prova do ano

É o primeiro positivo ao novo coronavírus na Fórmula 1. Caso em membro do staff da McLaren obriga equipa a não participar no GP Austrália

Tribuna Expresso

NurPhoto/Getty

Partilhar

Um membro do staff da McLaren está infectado com o novo coronavírus e a equipa britânica decidiu desistir do GP Austrália, primeira prova do calendário da Fórmula 1 de 2020, que fica assim em risco de não arrancar.

Os primeiros treinos livres do GP Austrália estão marcados para a manhã de sexta-feira, horário de Melbourne.

O elemento já estava em isolamento voluntário desde que havia começado a sentir sintomas e agora, de acordo com a McLaren, "será tratado nos hospitais locais".

Há ainda quatro elementos da Haas isolados e com suspeitas de terem contraído a doença.