Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

Covid-19. Equipas da F1 juntam-se para fabricar ventiladores

Várias equipas com base no Reino Unido estão a trabalhar com o governo do país para disponibilizar meios e tecnologia para o fabrico de ventiladores e material médico necessário para combater o surto de covid-19

Tribuna Expresso

Mark Thompson/Getty

Partilhar

Com a competição parada pelo menos até junho e as fábricas encerradas, várias equipas da Fórmula 1 com base no Reino Unido estão a juntar esforços para combater o surto do coronavírus.

Foi a própria Fórmula 1 que anunciou esta sexta-feira que algumas escudeiras estão a trabalhar "em colaboração com o governo do Reino Unido e outras organizações" para avaliar se é exequível a produção ou ajuda na produção de material médico, nomeadamente ventiladores, que possam ajudar no tratamento de doentes da covid-19. Alguns dos melhores engenheiros do mundo trabalham, precisamente, em equipas de Fórmula 1.

"Todas as equipas têm especialistas em design, tecnologia e produção e capacidade em criar protótipos com muita rapidez e qualidade, que esperam que possa ser aplicada nesta altura de grande necessidade", lê-se ainda no site oficial da Fórmula 1.

É mais um passo das equipas de Fórmula 1 para ajudar a travar o surto do novo coronavírus, depois da Ferrari doar 10 milhões de euros ao governo italiano para ser aplicado nos hospitais do país, aos quais juntou ainda a compra de 150 ventiladores e a disponibilização de uma frota de carros para distribuir alimentos e medicamentos.