Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

E agora, para algo verdadeiramente não diferente: mais uma pole position para Hamilton

O piloto ingles conseguiu a 93.ª pole position da carreira no circuito de Spa, para o Grande Premio da Belgica, que se realiza no domingo. Destaque, igualmente, para Daniel Riccardo, que conseguiu o quarto lugar, a melhor classificacao da temporada para o australiano da Renault

Lusa

Dan Istitene - Formula 1

Partilhar

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) conquistou, este sábado, a 93.ª pole position da sua carreira, ao ser o mais rápido na qualificação para o Grande Prémio da Bélgica de Fórmula 1 e com novo recorde no circuito de Spa-Francorchamps.

Hamilton gastou 1.41,252 minutos na sua melhor volta, melhorando dois décimos de segundo face ao tempo que já tinha e que já era recorde do circuito belga.

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) foi o segundo mais rápido, a 511 milésimos de segundo de Hamilton e com apenas 15 milésimos de vantagem para o terceiro classificado, o holandês Max Verstappen (Red Bull).

O australiano Daniel Ricciardo (Renault) conseguiu a melhor qualificação do ano, ao terminar na quarta posição, a oito décimos de segundo do mais rápido da sessão.

Esta foi a 93.ª pole position da carreira de Hamilton, sexta nesta pista de Spa-Francorchamps e quinta desta temporada, quando estão disputadas sete qualificações.

Lewis Hamilton dedicou este resultado ao ator Chadwick Boseman, falecido esta madrugada vítima de doença prolongada.

"Foi uma sessão muito limpa, melhorávamos a cada sessão. Foi um dia importante para mim, pois acordámos com a triste notícia do falecimento do Chadwick e essa notícia afetou-me", frisou Hamilton.

Já os dois Ferrari ficaram fora da derradeira fase da qualificação, a Q3, terminando em 13.º e 14.º lugares, com o monegasco Charles Leclerc e o alemão Sebastian Vettel, respetivamente.

Foi a primeira vez, em mais de 50 edições do GP da Bélgica, que os dois carros italianos ficaram fora dos dez primeiros lugares.

O GP da Bélgica de Fórmula 1 é a sétima corrida da temporada.

Lewis Hamilton é o líder do campeonato, com 132 pontos, mais 37 do que o segundo, Max Verstappen.