Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Fórmula 1

Há um novo Schumacher na F1: Mick, filho de Michael, será piloto da Haas em 2021

Aos 21 anos, o filho mais velho de Michael Schumacher vai fazer a sua estreia na Fórmula 1 em 2021. Será piloto da Haas. Este fim de semana poderá sagrar-se campeão da Fórmula 2

Tribuna Expresso

Lars Baron

Partilhar

Nove anos depois do definitivo adeus de Michael Schumacher à Fórmula 1, chega a nova geração: Mick Schumacher, filho de Michael, será piloto da Haas no próximo ano, anunciou esta quarta-feira a equipa norte-americana.

Aos 21 anos, Mick vai fazer equipa no próximo ano com Nikita Mazepin, anunciado na terça-feira. Ao que tudo indica, o contrato é de apenas um ano.

Piloto da Academia Ferrari desde muito jovem, o filho mais velho do Kaizer, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, compete desde os nove anos, tendo começado nos karts, onde desde logo deu nas vistas, mesmo não usando o apelido do pai.

"Estou muito orgulhoso por poder finalmente anunciar que serei piloto da Haas em 2021. Estou ansioso que chegue o desafio do próximo ano, é um sonho de sempre e agora finalmente torna-se realidade. Estou emocionalmente a explodir, mesmo", disse Mick num vídeo publicado nas redes sociais da Haas.

Mais do que apenas um apelido, Mick Schumacher pode chegar à Fórmula 1 com um currículo já recheado. Em 2018, foi campeão da Fórmula 3 europeia e é neste momento líder da Fórmula 2, o principal campeonato de entrada na Fórmula 1, com 14 pontos de vantagem à entrada das duas últimas provas, que se vai realizar este fim de semana no Bahrain.