Tribuna Expresso

Perfil

Futebol feminino

Brasil anuncia igualdade salarial entre homens e mulheres na seleção de futebol

"A CBF decidiu atribuir o mesmo montante ao nível dos prémios e das diárias masculinas e femininas, pelo que as jogadoras vão ganhar o mesmo que os jogadores", revelou em conferência de imprensa Rogério Caboclo, presidente da Confederação Brasileira de Futebol

Lusa

Aude Alcover/Getty

Partilhar

As jogadoras da seleção brasileira de futebol vão passar a ganhar o mesmo que os homens, anunciou esta quarta-feira a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), um dos primeiros países do mundo a adotar esta medida.

"A CBF decidiu atribuir o mesmo montante ao nível dos prémios e das diárias masculinas e femininas, pelo que as jogadoras vão ganhar o mesmo que os jogadores", revelou em conferência de imprensa Rogério Caboclo, presidente da entidade.

A Austrália foi pioneira nesta matéria, ao implementar a igualdade salarial ao nível da seleção de futebol em novembro de 2019.

Em maio, as jogadoras dos Estados Unidos (EUA), campeãs do mundo, viram a sua exigência de igualdade salarial ser negada em tribunal.