Tribuna Expresso

Perfil

Futebol feminino

Vem aí a 2.ª eliminatória da Liga dos Campeões feminina para o Benfica: "Enfrentamos este jogo como se fosse uma final"

Depois de perder o dérbi com o Sporting por 3-0, a equipa feminina do Benfica vai a Bruxelas para disputar, na quarta-feira (18h30, BTV), a 2.ª eliminatória da Champions, na qual estará em jogo o acesso aos 16 avos de final da competição

Lusa

Balneário da equipa feminina do Benfica, fotografado em fevereiro de 2019

PATRICIA DE MELO MOREIRA/Getty

Partilhar

O treinador da equipa de futebol feminino do Benfica, Luís Andrade, encara como “uma final” o jogo de quarta-feira em Bruxelas, frente ao Anderlecht, da segunda eliminatória da Liga dos Campeões.

“Enfrentamos este jogo como se fosse uma final, porque, ou continuamos, ou ficamos pelo caminho, e o nosso objetivo é continuar. Para isso, temos de conquistar a vitória. Só dentro das quatro linhas podemos dar essa resposta, as camisolas não ganham jogos”, disse o treinador do Benfica.

Luís Andrade atribuiu o favoritismo à equipa belga, recheada de internacionais e que tem no plantel as duas melhores marcadoras do campeonato, mas quer “surpreender, com um bom resultado”, na segunda eliminatória da Liga dos Campeões feminina.

Na primeira eliminatória da Champions o Benfica conseguiu vencer fora as gregas do PAOK (3-1), mas, no sábado, a equipa teve um resultado e exibição negativos em casa, diante do rival Sporting, em jogo do campeonato, que perdeu por 3-0.

"Contem com estas atletas! Infelizmente, na semana passada não conseguimos vencer o nosso rival, mas elas trabalham diariamente para dar uma resposta dentro de campo”, considerou o técnico, em declarações à BTV.

O jogo entre Anderlecht e Benfica, que apura para os 16 avos de final da competição, está agendado para quarta-feira, às 18:30, no estádio Constant Vanden Stock, em Bruxelas.