Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol feminino

Três treinadores despedidos nos EUA devido a acusações de abusos sexuais na liga de futebol feminino

As jogadoras denunciam situações de abuso e chantagem sexual, mas também de abusos verbais e emocionais

SIC Notícias

Partilhar

O escândalo sexual na Liga norte-americana de Futebol Feminino já resultou no despedimento de três treinadores. Mana Shim e Sinead Farrelly deram a cara numa reportagem do “The Atlhetic” para descrever os atos de coerção sexual.

O primeiro a ser dispensado foi o treinador Paul Riley, que foi acusado de abuso sexual por mais de uma dezena de ex-jogadores. Surgiram, depois, novos casos e já são três os treinadores envolvidos.

Os relatos das jogadoras incluem também chantagem sexual e abusos verbais e emocionais.

Nos Estados Unidos, pede-se a responsabilização da Liga, uma vez que as jogadoras em causa já tinha apresentado queixas em 2015, não tendo tido consequências.