Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol feminino

Jogadora do PSG detida por suspeitas de ligação a dois homens que agrediram uma companheira de equipa com uma barra de ferro

Aminata Diallo é jogadora do Paris Saint-Germain e foi detida, esta quarta-feira, no âmbito de uma investigação da polícia francesa à agressão sofrida por Kheira Hamraoui, sua companheira de equipa, na semana passada: a futebolista foi atacada por dois homens encapuçados, que a bateram nas pernas com uma barra de ferro. O jornal "L'Équipe" avança que as autoridades suspeitam do envolvimento de Diallo, devido a "uma rivalidade interna" na luta por um lugar na equipa

Diogo Pombo

Aurelien Meunier - PSG

Partilhar

Na noite da passada quinta-feira, 4 de novembro, o Paris Saint-Germain organizou um evento na capital francesa, no qual várias jogadoras da equipa de futebol feminino estiveram presentes. Chegada a sua hora de rumar a casa, Kheira Hamraoui encaminhou-se para o carro e tinha a companhia de duas outras jogadoras.

Do nada, apareceram dois homens encapuçados, que se apressaram a puxá-la para fora do veículo para lhe baterem repetidamente com uma barra de ferro nas pernas, escreveu o "L'Équipe". Ambos fugirem do local e nunca foram identificados.

Esta quarta-feira, a polícia francesa deteve Aminata Diallo, uma das futebolistas do PSG que acompanhava Hamraoui, no âmbito do inquérito já aberto ao caso. A detenção foi confirmada pelo clube, em comunicado. "O Paris Saint-Germain condena da forma mais forte possível a violência ocorrida", lê-se no documento.

Contactada pela Tribuna Expresso, contudo, o clube não se pronunciou sobre o que o mesmo jornal noticiou: Aminata Diallo foi detida devido a suspeitas de ligações com os dois homens que agrediram a companheira de equipa. Uma fonte ligada ao processo disse ao "L'Équipe" que as autoridades estão "a explorar" a linha de investigação de "uma rivalidade interna no PSG".

Anthony Dibon/Getty

Kheira Hamraoui, de 31 anos, seria transportada para o hospital na mesma noite, onde foi suturada nas pernas e nas mãos.

A médio francesa tinha sido convocada para a seleção em outubro, cerca de dois anos após a última chamada, mas, por culpa de uma lesão na coxa, falhou as partidas mais recentes contra a Estónia (11-0) e o Cazaquistão (5-0), ambas a contar para qualificação rumo ao Mundial de 2023.

A jogadora que a substituiu na convocatória foi Aminata Diallo, de 26 anos. Não sairia do banco de suplentes em ambos os encontros, mas, esta terça-feira, seria titular pelo PSG contra o Real Madrid, jogando 89 minutos da vitória (4-0) da equipa francesa contra as segundas classificadas da última edição da liga espanhola de futebol feminino.

Esse campeonato foi conquistado pelo Barcelona, de onde Kheira Hamraoui saiu para o PSG, este verão, após também vencer a Liga dos Campeões feminina.