Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

A Supertaça Europeia marca o arranque da Eleven Sports mas o que vamos ver no dia 15 de agosto “ainda não será a Eleven Sports”

Transmissão do Real Madrid-Atlético Madrid inicia uma espécie de período de soft opening para o novo canal premium de conteúdos desportivos em Portugal. No dia 18 de setembro, no arranque da fase de grupos da Liga dos Campeões, a Eleven Sports espera já mostrar todas as suas potencialidades. E há novidades sobre a forma de aceder ao canal

Lídia Paralta Gomes e Maria João Bourbon

Martin Seras Lima/Getty

Partilhar

Falta menos de uma semana. Dia 15, ou seja, na próxima quarta-feira, os portugueses vão tomar o gosto àquilo que será uma nova forma de ver conteúdos desportivos premium. Será com a Supertaça Europeia entre Real Madrid e Atlético Madrid que a Eleven Sports vai inaugurar as transmissões em Portugal mas, nas palavras de Pedro Mendonça Pinto, diretor não-executivo do canal, “o que vão ver no dia 15 ainda não será a Eleven Sports”.

Se isto fosse um restaurante poderíamos dizer que, com a transmissão da Supertaça Europeia, a Eleven Sports entrará em regime de soft opening. Haverá um “crescendo de conteúdos” durante esse período e no dia 18 de setembro, data em que arranca a fase de grupos da Liga dos Campeões, o conteúdo-estrela do canal, a Eleven Sports espera então já mostrar todas as suas potencialidades, todo o seu ADN.

Um ADN que passa por uma linguagem diferente. “Mais 2018”, diz Danny Menken, diretor-geral da Eleven Sports, durante uma conversa informal com jornalistas esta quinta-feira. “Queremos ser mais interativos e teremos uma linguagem diferente, menos técnica, mais ligada aos adeptos”, continua Pedro Mendonça Pinto.

Para tal, o canal terá uma equipa de comentadores, na maioria freelancers, com experiência da rádio e televisão e que nos últimos dias estiveram em formação para melhor conhecerem aquilo que a Eleven Sports pretende nas transmissões.

Outra das marcas do ADN da Eleven Sports é a primazia do exterior face ao estúdio. O canal quer estar nos estádios e no exterior dos estádios, junto aos adeptos, e assume-se como um canal “mais de entretenimento do que de informação”, diz Mendonça Pinto. “Acreditamos que já existem muitos programas dedicados à análise e ao comentário”.

Fim de semana com Ligue 1 no Facebook

O primeiro dos dois canais que estarão disponíveis 24 horas para quem pagar os €9,99 da mensalidade - foi entretanto anunciado um pacote anual de €99,99 - tem, portanto, estreia marcada para dia 15. O segundo ainda não tem data para iniciar transmissões, mas Pedro Mendonça Pinto e Danny Menken garantem que será “poucos dias depois”. O valor da mensalidade, que Menken sublinha que não irá subir mesmo que o portfólio se estenda (“não queremos ser um canal para a elite, mas sim para todos”), permitirá ver o canal não só na televisão como também na plataforma OTT, ou seja, através da internet.

Para lá dos dois canais em permanência, a Eleven terá também disponíveis mais quatro canais pop-up (ou seja, apenas para transmissões específicas) que vão permitir a transmissão de vários jogos em simultâneo, nomeadamente na Liga dos Campeões, que esta temporada estreia novo horário para os jogos - cai o horário único das 19h45 e os jogos serão divididos entre as 18h e as 20h.

Danny Mencken é o diretor-geral da Eleven Sports

Danny Mencken é o diretor-geral da Eleven Sports

Para já, e como este fim de semana arranca a Liga francesa - uma das ligas do portfólio da Eleven Sports para Portugal, que tem como pratos principais, além da Liga dos Campeões, a Liga espanhola -, o canal vai transmitir alguns jogos da 1.ª jornada via Facebook Live. Os problemas que marcaram a transmissão da Supertaça francesa no último fim de semana, pelos quais a Ligue 1 já se responsabilizou, estão ultrapassados, asseguram os responsáveis do canal.

Concorrência saudável

Ainda não há fumo branco para o acordo com a Vodafone, MEO e NOS, mas esta quinta-feira a Eleven anunciou que a Nowo, único operador que detém os direitos de transmissão do canal, vai lançar uma IP Box que, através de uma ligação à internet, vai permitir que qualquer cliente de outro operador possa ter acesso aos canais da Eleven Sports.

Contudo, a ideia é sempre estar presente nos pacotes da Vodafone, MEO e NOS mas Pedro Mendonça Pinto e Danny Mencken não dão pormenores sobre em que pé estão as negociações.

Sem querer comentar o facto da Sport TV ter mantido o preço da mensalidade mesmo após perder vários conteúdos importantes, Pedro Mendonça Pinto garante que “não há qualquer tipo de animosidade” com o canal. “A concorrência é sempre benéfica e acho que vai haver uma rivalidade saudável, que faz parte e é boa. Toda a gente fica a ganhar. Nós temos a nossa estratégia e esperemos que ela tenha sucesso em Portugal”.

Durante o encontro, a Eleven anunciou ainda a compra dos direitos de transmissão da Barça TV, o canal oficial do Barcelona, e ficaram ainda prometidas novidades para os próximos dias, não só ao nível de conteúdos em novas modalidades, como também o nome do futuro diretor executivo do canal para Portugal.