Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Não é erro, mas parece: Messi não está entre os três finalistas ao prémio “The Best” da FIFA

Cristiano Ronaldo, Mohamed Salah e Luka Modric são os três finalistas do prémio "The Best", que não tem Lionel Messi entre os nomeados - algo que não acontecia desde 2006

Tribuna Expresso

JOHANNES EISELE

Partilhar

Doze - leu bem, doze - anos depois, Lionel Messi não figura entre os três finalistas a melhor jogador do ano, no prémio "The Best", organizado pela FIFA. O capitão do Barcelona, que marcou 45 golos em 54 jogos na época passada e guiou o clube à conquista do campeonato espanhol, estava entre os 10 finalistas selecionados por um painel de ex-jogadores lendários (escolhidos pela FIFA), mas após a votação de fãs, jornalistas, selecionadores e capitães de seleções, ficou de fora do trio de finalistas.

Esse trio, anunciado esta segunda-feira, é composto por Cristiano Ronaldo (Juventus e Portugal), nome já habitual nestas andanças na última década (apenas falhou a presença entre os finalistas em 2010), e pelo estreantes Mohamed Salah (Liverpool e Egito) e Luka Modric (Real Madrid e Croácia).

Os homens que irão disputar o prémio de treinador do ano serão Didier Deschamps, selecionador francês, Zinedine Zidane, que saiu entretanto do Real Madrid, e Zlatko Dalic, da seleção croata.

No quadro feminino, as finalistas a melhor jogadora são Ada Hegerberg (Lyon e Noruega), Dzsenifer Maroszan (Lyon e Alemanha) e Marta (Orlando Pride e Brasil). Sarina Wiegman, da seleção holandesa, Asako Takakura, da seleção japonesa, e Reynald Pedros, do Lyon, são os candidatos a treinador(a) do ano no futebol feminino.

O prémio de guarda-redes do ano será disputado entre três guardiões que estiveram no Mundial: o belga Thibaut Courtois, o francês Hugo Lloris e o dinamarqês Kasper Schmeichel.

O prémio Puskas, dedicado ao melhor golo do ano, tem como nomeados Gareth Bale (Real Madrid), Denis Cheryshev (Russia), Lazaros Christodoulopoulos (AEK Athens), Cristiano Ronaldo (então no Real Madrid), Giorgian de Arrascaeta (Cruzeiro), Riley McGree (Newcastle Jets), Lionel Messi (Argentina), Benjamin Pavard (France), Ricardo Quaresma (Portugal) e Mohamed Salah (Liverpool).

Os prémios serão entregues a 24 de setembro, em Londres.