Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Mourinho em França? Oui, porque não?

Depois da saída do Manchester United, Special One foi convidado para acompanhar o empate sem golos com o Montpellier

Zuba Ortiz

Robbie Jay Barratt - AMA

Partilhar

Desde dezembro do ano passado sem clube, José Mourinho, não se tem distanciado do futebol. O antigo treinador do Manchester United aproveitou este domingo para acompanhar a partida entre Lille e Montpellier. A presença do mister não passou despercebida, Mourinho tirou fotografias e deu autógrafos.

Depois do jogo, Mourinho contou que o convite partiu de Luís Campos, diretor do Lille, e que esteve nos balneários antes da partida com Christophe Galtier, treinador da equipa francesa. A amizade entre os dois surgiu em 2017, quando se encontraram na Liga Europa, Mourinho no comando do United e Galtier, que na altura estava no Saint-Étienne.

Quando questionado sobre a hipótese de comandar uma equipa francesa, Mourinho mostrou-se animado com a possibilidade. “Posso imaginar (trabalhar em França), sim. Sou um homem que já trabalhou em quatro países diferentes, adoro conhecer outras culturas, gosto muito de estar sempre a aprender. Trabalhar num novo campeonato seria uma experiência fantástica”, declarou o Special One.

José Mourinho, porém, fez questão de ressalvar que, neste momento, não está com pressa para comandar um novo clube. “Por agora, estou tranquilo, tentando passar o máximo de tempo com a família e com os amigos, trabalhando tranquilamente à espera que surja uma oportunidade para voltar ao futebol”, finalizou.